InícioNotícia em DestaqueLançada a nova marca do Setor Carbonífero: Carvão+

Lançada a nova marca do Setor Carbonífero: Carvão+

A nova marca traz, ainda, o peso de uma indústria mais que centenária, que gera cerca de 20 mil empregos diretos e indiretos e movimenta mais de R$ 5 bilhões por ano.

Com o auditório modular da Associação Empresarial de Criciúma (Acic), em Criciúma, lotado, o Setor Carbonífero viveu mais um marco em sua trajetória de mais de 100 anos. Com a presença de autoridades de diversos segmentos foi lançada a nova marca do Carvão Mineral: Carvão+.

Marcaram presença representantes dos trabalhadores, das carboníferas, da Ferrovia Tereza Cristina e da Diamante Energia. Completando toda a cadeia produtiva do Carvão no Sul catarinense. Além disso, prefeitos, vereadores e deputados também prestigiaram o evento.

A nova marca foi construída pela Agência SDI em conjunto com o Sindicato da Indústria de Extração do Carvão do Estado de Santa Catarina (Siecesc) e SATC. Coube ao gestor da SDI, Jonatha Barreto, apresentar a nova marca e as ações. O Carvão Mineral agora é Carvão +. O símbolo + representa o novo momento e as múltiplas possibilidades que o futuro reserva ao setor. As cores representam a tecnologia e se conectam com o respeito e o cuidado com a natureza. A tipografia limpa e direta, mostra a nova forma de o segmento se comunicar. É uma nova identidade que representa a aliança que confia no carvão como uma fonte segura para assegurar um futuro sustentável para todos. O polígono que representa o carbono está presente na letra O.

A nova marca traz, ainda, o peso de uma indústria mais que centenária, que gera cerca de 20 mil empregos diretos e indiretos e movimenta mais de R$ 5 bilhões por ano. Bem como das ações voltadas ao meio ambiente, a segurança, ao social, ao esporte, a educação e o novo momento do setor com a Transição Energética Justa, a busca por um modelo sustentável e de baixo carbono. Para isso, pesquisas estão em desenvolvimento no Centro Tecnológico da SATC, como a captura de CO2.

Além disso, um novo site está sendo formulado e através do Instagram: @carvaomais.siecesc, as pessoas ficarão bem informadas sobre as ações do Setor Carbonífero.

Assinaturas

Durante o evento de apresentação da nova marca foram realizadas diversas assinaturas de protocolo de intenções das ações que envolvem o Siecesc.

Convênio SATC e Centro Tecnológico

Um dos mais importantes legados do Setor Carbonífero para a região é a SATC. O Setor Carbonífero e a SATC lutam juntos pelo desenvolvimento socioeconômico regional, uma parceria que chega aos 60 anos em maio.

A parceria entre as instituições prevê que 1% do faturamento bruto mensal das carboníferas deverá ser repassado a esta importante unidade educacional, percentual que resulta em um expressivo valor anual.

O investimento em pesquisa e inovação é fundamental para a sobrevivência de todos os segmentos econômicos. Pensando nisso, o Setor carbonífero desenvolve parceria anual com o Centro Tecnológico da SATC, para acompanhamento dos processos de recuperação ambiental e para o estudo de novas tecnologias e novos produtos ligados ao Carvão Mineral e a geração de energia termelétrica. Assinaram o convênio, a presidente do Siecesc, Astrid Barato, o reitor da Unisatc, Carlos Ferreira e o diretor do Centro Tecnológico da SATC, Luciano Biléssimo.

Carvão Amigo: Eixo Social

Dentro do Projeto Carvão Amigo, são abordados os eixos Social, Educação e Esporte. No eixo Social, foi realizada a assinatura do protocolo de intenções com as 12 entidades filantrópicas auxiliadas pelo projeto. São elas: Bairro da Juventude, Abadeus, Nossa Casa, Banda Cruzeiro do Sul, AMA-REC, APAE Criciúma, Projeto Anjos Mineiros, Casa Guido, Casa do Egresso, Asilo São Vicente, Cruz Vermelha e Rede Feminina de Combate ao Câncer de Criciúma.

Carvão Amigo: Esporte

O futebol na região carbonífera teve suas origens nas iniciativas de diversos empresários e trabalhadores da mineração, todos apaixonados pelo esporte.
Não há como se falar no futebol em nossa região sem lembrar de Itaúna, Atlético Operário, Próspera, Metropol e tantos outros que culminaram com a criação do Criciúma Esporte Clube, o nosso Tigre Carvoeiro, que traz em uma de suas cores o preto que representa o Ouro Negro.
Como resgate de toda esta história, o Setor Carbonífero celebrou parceria com a Liga Atlética da Região Mineira – LARM, nos últimos oito anos e, agora, em 2024, realizou assinatura de protocolo de intenções com o presidente Guilherme Gomes, para a realização da Taça Carvão+.

Carvão Amigo: Educação

Durante a solenidade, foi assinado um protocolo de intenções referente aos projetos Proerd da Polícia Militar, dos Protetores Ambientais da Polícia Militar Ambiental do Pelotão Esperança do 28º GAC e do Projeto Golfinho do Corpo de Bombeiros. Ações que levam conscientização contra as drogas e a educação ambiental, bem como aulas às crianças carentes no 4º e 5º ano. As parcerias existem há oito anos.

Prêmio ACIC de Jornalismo

Como forma de apoiar estes profissionais tão importantes para a nossa sociedade, o Setor Carbonífero, assinou o protocolo de intenções 2024, dando continuidade a participação do Siecesc no Prêmio Acic de Jornalismo.
Vale ressaltar que, neste ano, o Setor Carbonífero vai ampliar o número de matérias premiadas sobre o Carvão +. Assinatura foi realizada pelo presidente da Acic, Valcir Zanette.

Mostra do Setor Carbonífero no Projeto Cultura ACIC

Além do lançamento da marca, o Projeto Cultura Acic abriu a Mostra do Setor Carbonífero, na galeria de arte da entidade empresarial, que traz um resgate da história centenária da indústria que transformou Criciúma e segue impulsionando o Sul catarinense, com a geração de mais de 20 mil empregos diretos e indiretos. Maquetes, uma linha do tempo, obras de arte e um tour virtual em uma mina, através de óculos de realidade virtual, farão parte da mostra.

A Mostra do Setor Carbonífero estará aberta à visitação até 30 de abril, na galeria de arte da Acic. Serão agendadas visitas com diversas escolas de Criciúma e região. A ideia do grupo de Cultura da Acic é realizar mostra com diversos segmentos econômicos. O grupo é composto por Iara Gaidzinski, Benito Gorini Borges, Salete Budni Milanezi e Maria Julita Volpato Gomes.