InícioPolíticaCaso Marielle: Futuro de Brazão cai nas mãos de deputado catarinense

Caso Marielle: Futuro de Brazão cai nas mãos de deputado catarinense

Um deputado federal de Santa Catarina será o relator da prisão do parlamentar Chiquinho Brazão (União Brasil/RJ), detido preventivamente por ser um dos suspeitos de mandar matar Marielle Franco em 2018.

A presidente da CCJ (Comissão de Constituição e Justiça) escolheu o deputado federal Darci de Matos (PSD/SC) para esta missão, cujo o parecer deve ser apresentado nesta segunda-feira (25).

“Escolhemos um deputado que é bastante atuante na comissão, já foi vice presidente, e também que fosse de um partido diferente dos envolvidos, no caso PSOL ou União Brasil”, afirmou Caroline de Toni à Coluna do Estadão.

Conforme o portal ND, o relatório de Matos deve ser analisado pelos integrantes do CCJ, que irão decidir pela manutenção ou não da prisão. Este parecer depois é apreciado e votado no plenário.

Sobre o caso Marielle Franco
A Polícia Federal cumpriu três mandados de prisão no último domingo (24) contra os suspeitos do assassinato da ex-vereadora Marielle Franco (Psol-RJ) e Anderson Gomes, em 14 de março de 2018.

De acordo com a Polícia Federal, o assassinato de Marielle foi motivado por um embate entre ela e Chiquinho Brazão, envolvendo um projeto de lei que regularizava terrenos dominados pela milícia.