InícioSegurançaFamília busca por adolescente de 16 anos desaparecido em Siderópolis

Família busca por adolescente de 16 anos desaparecido em Siderópolis

O adolescente Richard Camargo Corrêa, de 16 anos, morador de Siderópolis, no Sul catarinense, está desaparecido desde sexta-feira (23) após sair de sua residência por volta de 21h e não ser mais visto por familiares e amigos.

Em entrevista ao ND Mais, a mãe do jovem, Carina Camargo, de 41 anos, moradora de Canoas, região metropolitana de Porto Alegre (RS), contou que o adolescente mora em Santa Catarina com o pai, Emerson Corrêa, de 39 anos, a madrasta e outros dois irmãos.

No sábado (24), Carina foi informada pelo pai sobre o sumiço do filho do casal. Segundo a informação repassada à mãe, Richard teria dito a madrasta que iria dormir na casa do tio, próximo da residência da família. “Ele não foi, não chegou até a casa do tio, o que ele fazia diariamente”, explicou.

Richard saiu do local com uma mochila preta e uma muda de roupas, vestia bermuda cinza e camiseta branca. Richard também carregava na bolsa um moletom vermelho.

Segundo testemunhas, Richard teria sido visto pela última vez no Centro de Criciúma, próximo ao Bistek Supermercados. No fim de semana, Carina, acompanhada de familiares, fez uma força-tarefa de buscas, mas até a última atualização desta reportagem nenhuma pista do adolescente foi descoberta. “Coração de mãe sofre”, desabafou.

Desaparecido após troca de mensagens
A mãe também relatou que o garoto saiu de casa deixando para trás documentos e o celular. No aparelho telefônico, uma troca de mensagens entre Richard e um amigo revelam o desejo do menino em retornar ao Rio Grande do Sul. “Nem que fosse caminhando”.

Emerson Corrêa também realiza buscas, mas sem sucesso. “Ainda continuamos sem respostas”, disse.

Richard tem 1,80 metro de altura, pele clara, magro e se apresenta como uma pessoa tranquila. “Ele é super calmo, tranquilo, meigo, educado, mas muito fechado, não se abre com ninguém”, disse Carina.

Qualquer informação sobre o paradeiro do adolescente, pode ser repassada ao contato (51) 98261-4538.

Fonte: ND Mais