InícioEsportesEtapa do STU National de Criciúma terá novo formato e mudança nas...

Etapa do STU National de Criciúma terá novo formato e mudança nas regras

A etapa do STU National de Criciúma terá um formato em 2024. O evento será concentrado em apenas em um fim de semana, entre os dias 22 e 24 de março, ao contrário do que foi realizado nos anos anteriores, quando a competição foi dividida em dois fins de semanas.

As regras da disputa também mudaram. Como o limite de participantes, com um total de 24 skatistas no masculino e 12 no feminino, tanto no street quanto no park. Ou seja: um máximo de 72 nomes por etapa. Houve mudanças também no formato de disputa. No masculino, na fase classificatória os 24 nomes são divididos em seis baterias. Os primeiros lugares de cada bateria avançam direto para a semifinal. Já o segundo e terceiro de cada bateria partem para a repescagem e são divididos em três baterias. Primeiro e segundo de cada uma avançam para a semifinal, que será disputada por 12 nomes.

Já no feminino, a competição começa na fase semifinal, com as 12 skatistas divididas em três baterias. Primeira e segunda de cada bateria se garantem na final. A diferença do street para o park está no formato da final, até por serem modalidades distintas. No street, elas têm direito a 3 voltas de 45 segundos mais 15 segundos para a execução de uma melhor manobra, a Bomb Trick – vale a melhor nota (volta e manobra juntas). Já no park, as finalistas competem em dois tempos de 20 minutos, com um intervalo técnico de sete minutos, tendo as notas aplicadas a cada volta. Para a pontuação final, vale a melhor volta.

Floripa abriu o calendário

A temporada do STU National em 2024 começou na capital catarinense. Em Florianópolis, no street, quem levou a melhor foram Carla Karolina, que viveu um fim de semana mágico, e Ivan Monteiro, na primeira competição em que entrou com 100% de suas condições após passar por uma cirurgia no braço esquerdo. Já no park, show de Yndiara Asp, uma das skatistas da casa, e do jovem Dan Sabino, de apenas 15 anos, o mais novo numa final que contou com vários nomes de peso, como Pedro Barros e Augusto Akio, que completaram o pódio.

Com identidade visual assinada pela artista plástica Julia Rodrigues, a etapa de Criciúma terá entrada gratuita, já disponível para retirada no site da Sympla, clicando aqui. Mas vale lembrar que é preciso chegar cedo nos dias de competição porque as arquibancadas estão sujeitas à lotação. E será necessária a doação de 1kg de alimento não perecível para validar cada entrada. Na sexta, dia 22, o dia será dedicado às eliminatórias e repescagem do masculino. O sábado, dia 23, terá as semifinais de ambos os sexos, com as finais realizadas no domingo, dia 24.

Criciúma também receberá o paraskate, este ano na modalidade street. Em cena, dez dos principais paraskatistas brasileiros: Vini Sardi, Tony Alves, Ítalo Romano, Felipe Nunes, Nando Araújo, Leo Almeida, Ruan Felipe, David Soares, Renatinho e Marcelo Sodero. No calendário da categoria, park e street se revezam. Na abertura do circuito, em Florianópolis, começou pelo park, com o pódio formado pelo campeão Vini Sardi, Ítalo Romano e Felipe Nunes. Ou seja: na próxima etapa, em Porto Alegre, em abril, de novo será a vez do park.

Fonte: Engeplus