InícioÚltimas do Olhar do SulXII Conferência Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente de São...

XII Conferência Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente de São Ludgero acontece no dia 3 de novembro

Com o tema central “A situação dos direitos humanos de crianças e adolescentes em tempos de pandemia Covid-19: violações e vulnerabilidade, ações necessárias para reparação e garantia de políticas de proteção integral, com respeito à diversidade” acontece no dia 3 de novembro, das 8h30min às 17 horas, no Centro Cultural Multiuso Dimas Schlickmann, a XII Conferência Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente de São Ludgero.

Realizada pelo Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (CMDCA) de São Ludgero a conferência tem a finalidade de promover ampla mobilização social na esfera municipal, para refletir e avaliar os reflexos da pandemia na vida das crianças, adolescentes e suas famílias e para a construção de propostas de ações e políticas públicas que garantam os seus direitos. Serão debatidos ao todo cinco eixos.

A presidente do CMDCA de São Ludgero, Valdira Matias, convida representantes da sociedade civil, entidades governamentais e não governamentais e comunidade em geral para participarem. Em breve estará sendo disponibilizado o link para inscrições. “A participação permite que possamos construir e apontar prioridades para o plano regional, estadual e nacional em prol das crianças e adolescentes”, enfatiza.

Mais informações sobre a conferência pelo telefone da Secretaria de Assistência Social e Habitação 36570017.

Conheça os eixos da conferência:

 1 – Promoção e garantia dos direitos humanos de crianças e adolescentes no contexto pandêmico e pós-pandemia;

2 – Enfrentamento das violações e vulnerabilidades resultantes da pandemia de Covid-19;

3 – Ampliação e consolidação da participação de crianças e adolescentes nos espaços de discussão e deliberação de políticas públicas de promoção, proteção e defesa dos seus direitos, durante e após a pandemia;

4 – Participação da sociedade na deliberação, execução, gestão e controle social de políticas públicas de promoção, proteção e defesa dos direitos de crianças e adolescentes considerando o cenário pandêmico;

5 – Garantia de recursos para as políticas públicas voltadas para crianças e adolescentes durante e após a pandemia de Covid 19.

Com informações: Bertoldo Kirchner Weber: Assessor de Comunicação de São Ludgero