WhatsApp: você tem até o dia 15 para aceitar os termos

Os novos termos de privacidade do Whatsapp não são somente polêmicos por suas questões quanto aos dados dos usuários, mas porque quem não aceitá-los até o dia 15 de maio perderá o acesso normal ao aplicativo. O app de mensagens instantâneas do Facebook promete limitar o acesso às conversas de quem se recusar a aceitar as novas condições de uso.

A partir de agora, o Whatsapp deseja comercializar metadados sobre seus usuários com terceiros para comercialização de anúncios. Resumidamente, a empresa deseja compartilhar dados de localização, tipo de celular e acesso à rede a terceiros. O Facebook afirma que o conteúdo das conversas não será exibido a terceiros e se manterá seguro, mas isso gera questionamentos por parte de especialistas em dados.

“O WhatsApp tem muitos metadados, que são as informações que se obtém de qualquer mensagem que enviamos — como a marca do telefone, o horário da mensagem, sua localização, entre outros. Com isso, a empresa pode saber muito sobre seus usuários”, explica Cristian de Leon da ONG Asuntos del Sur à BBC Mundo.

Os usuários que não aceitarem os novos termos de uso do Whatsapp não conseguirão acessar normalmente o app a partir do dia 15 de maio. O utilizador poderá receber chamadas de áudio e vídeo e conversar através das notificações, mas não conseguirá entrar no app para ler e enviar mensagens de texto e áudio.

Nenhuma conta será apagada, mas, caso o usuário não aceite os novos termos de privacidade, ele perderá o acesso a notificações e chamadas em alguns meses.

Redação Hypeness 

Foto: © Getty Image

ÚLTIMAS NOTÍCIAS