Utilização do mel na gastronomia

“Oficinas do Sebrae/SC capacitam participantes para preparação de pratos à base do alimento nutritivo e saudável”.

Ampliar a utilização do mel na culinária tradicional, incentivar o consumo do alimento, capacitar apicultores para produção de alimentos à base do produto e disseminar seus benefícios para a saúde. Com esses objetivos foram realizadas duas oficinas sobre gastronomia à base de mel, no Centro Comunitário de Nova Itaberaba, no oeste catarinense. Participaram 30 mulheres, entre apicultoras, merendeiras da rede municipal de ensino, cozinheiras de restaurantes e panificadoras, que foram divididas em duas turmas. Ao todo foram 16 horas de capacitação teórica e prática.

As oficinas fazem parte do projeto do Sebrae/SC – Desenvolvimento Setorial nos Territórios: Apicultura no Oeste Catarinense – que integra o Programa de Melhoramento Genético e Desenvolvimento Apícola Catarinense, com ações previstas até dezembro de 2023. As iniciativas são da Federação das Associações de Apicultores e Meliponicultores de Santa Catarina (FAASC), Sebrae/SC, Epagri e Prefeituras.

“O consumo de mel em Santa Catarina é de 250 gramas/per capita/ano e com a utilização do alimento na gastronomia esse indicador praticamente triplicaria. Por isso, capacitamos as famílias dos produtores que passarão a consumir mais e divulgarão essa opção para o consumidor”, destacou o consultor credenciado ao Sebrae/SC, Neuri Riboli. O produto tem ação antimicrobiana, antioxidante e prebiótica (estimula o crescimento ou a atividade de microrganismos benéficos), além de fornecer energia. Entre os nutrientes do mel estão: potássio, magnésio, sódio, cálcio, fósforo, ferro, manganês, cobalto e cobre.

A utilização do mel na culinária vai além da substituição saudável pelo açúcar refinado. Riboli explicou que pode ser usado na preparação de bolos, tortas, biscoitos, bolachas, frutas industrializadas assadas e sucos. “Também pode ser consumido com torradas, panquecas, iogurtes, saladas, vinagretes e caipirinhas, além da preparação de receitas com peixes, frangos e suínos”, explicou. As oficinas abordaram as boas práticas de higiene da coleta do mel no campo até a industrialização do produto.

FORTALECIMENTO DA APICULTURA

O projeto visa tornar Santa Catarina um Estado referência na produção, na qualidade e na tecnificação da apicultura, além de contribuir na melhoria da qualidade de vida de produtores e consumidores e de conscientizar sobre a importância das abelhas na manutenção dos ecossistemas e da biodiversidade.

A parceria busca desenvolver estratégias que fomentem o mercado no País, gerando trabalho, renda e qualidade de vida aos produtores rurais. Para isso, são abordados temas como melhoramento genético, manejo sanitário, troca de rainhas e controles financeiros do apiário.

Entre os resultados esperados estão: aumentar a produtividade média de mel/colmeia/ano de 20,5 kg para 30 kg; diminuir de 15% para menos de 10% a taxa de mortalidade anual de colônias de abelhas e manter a apicultura livre de uso de produtos sintéticos para controle de pragas e doenças; viabilizar análises laboratoriais para entrepostos de mel de associações de produtores; fortalecer o associativismo apícola no Estado e melhorar a qualidade genética nos apiários com a introdução de rainhas mais produtivas e mais resistentes às pragas e doenças.

MB Comunicação Empresarial/Organizacional

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Catador de recicláveis encontra recém-nascida em lixeira de Camboriú

Uma recém-nascida foi encontrada por um catador de materiais recicláveis, no último sábado, 28, dentro de uma caixa de sapato, na lixeira de um prédio de Balneário Camboriú, no...

SÃO LUDGERO | Homem fica gravemente ferido após ser atropelado

Em São Ludgero, um homem ficou em estado grave após ser atropelado por um caminhão. O acidente aconteceu no fim da manhã deste domingo...

LAGUNA | Anuncia o 28° óbito e SC estuda medidas mais enérgicas para conter o vírus

A Secretaria Municipal de Saúde (SEMUSA), através da Vigilância Epidemiológica, confirmou, neste sábado (28), 39 novos casos da Covid-19 em Imbituba. Do total, 19...

PRF gera prejuízo de mais de R$ 21 milhões ao crime organizado em menos de 30h

De norte a Sul do país, foram registradas diversas ocorrências que resultaram em cerca de 5 toneladas de drogas apreendidas e dezenas de veículos...