Urussanga | Alcança 87,8% da meta na campanha contra Influenza

“Imunização segue para os grupos prioritários enquanto é aguardada a orientação do Ministério da Saúde sobre a possibilidade de liberar a vacina para toda a população”.

Com a meta de imunizar 90% da população que está inclusa nos grupos prioritários, Urussanga atingiu a meta de 87,7%, ou seja, está bem perto de alcançar os índices pré-estabelecidos de vacinação contra o H1N1. Entre os grupos que ainda precisa atingir a meta está o das crianças de 6 meses a 5 anos 11 meses e 29 dias.

“É importante enfatizar a necessidade da vacina da influenza nas crianças até para evitar que a criança adoeça e que precise ir até uma unidade de saúde ou até um hospital, principalmente neste período de pandemia”, explica a Enfermeira da Vigilância Epidemiológica de Urussanga Marília Ferreira Marcineiro.

Sábado (27), foi o D da campanha, quando no Município foram aplicadas 78 doses da vacina. Mas, a imunização ainda está acontecendo nos postos de saúde. “Seguimos fazendo as vacinas contra o vírus da influenza nos grupos prioritários e aguardamos orientação do Ministério da Saúde para saber se a imunização será liberada para a população em geral”, destaca a Enfermeira. Desde o início da campanha contra Influenza, no dia 23 de março, Urussanga realizou 5.646 imunizações.

ASCOM: Prefetiura de Urussanga

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

“Árvore da Vida” conforta e consola pacientes e familiares no Hospital Dona Helena, em Joinville (SC)

Em novembro, a imagem de uma árvore foi colocada na parede da capela do Hospital Dona Helena, de Joinville (SC). Os pais que frequentam...

Anatel autoriza repasse de recursos para projetos de interiorização da TV Digital no Brasil e democratização da internet

A Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) autorizou o repasse de verba para projetos de interiorização da TV Digital e democratização da internet no país....

Tiros, vitrines quebradas, cédulas espalhadas pelo chão e agências bancárias do centro invadidas em Criciúma por bandidos

Dezenas de criminosos, fortemente armados, vários veículos, poder de fogo assustador fizeram do centro da cidade de Criciúma uma praça de terror, no início...

Família Fernandes esperou o encontro com a sobrinha por mais de 40 anos (Metropol)

Pedro Manoel Fernandes tinha uma marcenaria no Bairro Metropol, em Criciúma. Ele e a esposa Florisbela Elias Fernandes tiveram 13 filhos. O único que...