Tubarão volta a ter casos de transmissão comunitária

Tubarão voltou a ter transmissão comunitária do coronavírus. O dado foi divulgado pelo diretor-presidente da Fundação Municipal de Saúde (FMS), Daisson Trevisol, que chegou a informar em um boletim no início da semana que o município não havia mais registrado este tipo de disseminação do vírus.

“Porém, nos últimos dois dias, nós tivemos dois casos relacionados à transmissão comunitária, voltando então a ter o vírus circulante em Tubarão”, disse.

Daisson explica que a transmissão comunitária havia sido contida no primeiro momento, ainda na época do isolamento social. “Os casos apresentados ainda eram aqueles primeiros, que já havíamos identificado como foram transmitidos. Por isso a divulgação de que Tubarão estava sem transmissão comunitária. Agora, novos casos apareceram e, mesmo de forma reduzida, o vírus voltou a circular”, reforça.

O diretor presidente da FMS ainda explica sobre o número de casos notificados, confirmados, suspeitos e monitorados. Até ontem, 1,7 mil casos haviam sido notificados desde o início da pandemia em Tubarão.

“Quando o paciente faz uma consulta, e o médico notifica que ele tem uma síndome ou sintomas que remetem ao coronavírus, o caso é enviado à Vigilância Epidemiológica como notificado. Como ainda não há testes suficientes para testar a todos, os casos vão sendo divididos entre confirmados, suspeitos, negativados e monitorados”, explica.

Dos 1,7 mil casos, 87 foram confirmados, seja com exames do Lacen ou por testes rápidos. Destes, 66 já estão curados, e houve três mortes. Outros 35 casos estão classificados como suspeitos, pois estão aguardando o resultado dos exames do Lacen. Ainda do total de notificados, 711 casos já foram descartados, pois os resultados deram negativo, segundo explica Daisson. Ainda há 167 pacientes sintomáticos sendo monitorados. “Os casos monitorados são aqueles em que o paciente foi notificado, e passamos a monitorar sinais e sintomas. Quando ele não tem mais os sintomas, deixa de ser monitorado. Ou seja, notificados são todos, monitorados são aqueles do momento”, pontua

Daisson, e ainda acrescenta que os casos descartados são os que fizeram exame e deu negativo. “Se somarmos todos estes números, não chegaremos ainda ao número de notificados, porque não foi feito o teste em todos ainda. Estamos aguardando a vinda de novos testes rápidos para, então, testarmos todos os pacientes”, completa.

Passa de 400 o número de casos confirmados de Covid-19 na região

A região ultrapassou a marca de 400 casos de pessoas com coronavírus. No total, de acordo com os boletins municipais divulgados ontem, são 406.

Os municípios que registraram aumento foram Imbituba (três a mais), Tubarão, Gravatal e Orleans (com dois a mais cada), e Garopaba e São Martinho, (com um cada).

Com o aumento, a Cidade Azul passou a ter 87 pessoas com a Covid-19. Imbituba, por sua vez, passou a ter 35; e Orleans, 21. Garopaba e São Martinho estão com três casos da doença cada.

Segundo o prefeito de Imbituba, Rosenvaldo Júnior, a cidade está com uma aceleração no número. “Isso alerta, preocupa. Por isso, é necessário manter o cuidados e o isolamento social. Vamos começar um trabalho de visitas em casas e comércio, principalmente nos bairros mais afetados, orientando e distribuindo máscaras, quando necessário”, explica Rosenvaldo.

Em Garopaba, a Vigilância Epidemiológica foi notificada por um dos hospitais de Florianópolis sobre um servidor, morador de Garopaba, que foi testado e resultou positivo. De acordo com a secretaria de Saúde, o paciente está em casa, sendo monitorado e seguindo as orientações, cumprindo o isolamento.

Ainda segundo a secretaria de Garopaba, um policial rodoviário, morador do município, está sendo monitorado e foi testado ontem. Em Laguna, por sua vez, todos os pacientes que tiveram diagnóstivo positivo para coronavírus estão curados.

Ontem, Santa Catarina chegou aos 2.917 casos confirmados. O dado foi divulgado pelo governador Carlos Moisés. A doença respiratória já causou 59 mortes no Estado desde o início da pandemia. O óbito mais recente a entrar nos registros foi o de um homem de 80 anos, morador de Siderópolis, falecido no último dia 30. Ele apresentava comorbidades.

DS

Foto: Divulgação

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Treviso | Promove o Dia D Testagem para Covid-19 hoje sábado 19

A Secretaria de Saúde de Treviso vai promover o Dia D Testagem para Covid-19, neste sábado, das 8h às 17h, sem fechar ao meio-dia. Todos os moradores, devidamente...

O Mineiro de carvão do distrito de Guatá, homenageado pela sua coragem e bravura…

Esta homenagem está localizada na praça de entrada do distrito de Guatá em Lauro Müller desde 2013, gestão do prefeito  Fabrício.

Educação: Os números do Ideb

O Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) de 2019 revela que o Brasil continua perdendo a corrida educacional. Elaborado a cada dois anos...

Criciúma | CDL reúne lojistas e profissionais do varejo para cocriar o Natal 2020

"Evento realizado virtualmente teve como intuito construir de forma coletiva a maior data do comércio". A manhã desta sexta-feira (18) foi marcada pela inovação, criatividade...