TUBARÃO | Orientações para o cumprimento dos Decretos Municipais

A Realidade Presente

Depois de quatro meses de relativa tranquilidade, na semana passada nossa região foi classificada como de risco “gravíssimo” em relação ao novo coronavírus. Só neste último mês, o número de casos confirmados triplicou (de trezentos para mil). As estruturas do sistema de saúde já estão chegando ao limite. Há dificuldades para a obtenção de medicamentos indispensáveis como é o caso dos sedativos. O número de profissionais na área da saúde é limitado, dificultando adequada prestação de serviços em caso de maior demanda.

Somos “cuidadores” do povo que Deus nos confiou. Não ignoramos as duas grandes preocupações: o ganha-pão e a vida. São inseparáveis. Mas é preciso “priorizar a vida”, mesmo que para isso tenhamos que nos tornar todos mais pobres. Mais pobres, enfrentando dificuldades, mas vivos! A morte não tem retorno.

Nosso posicionamento e as orientações que dermos ao povo poderão ser decisivos. Assim também a organização de nossas atividades (o serviço da caridade, as celebrações litúrgicas, a palavra e a escuta, o serviço de secretaria), respeitando as normas que se confirmaram como as mais eficazes no enfrentamento da pandemia, tem importância fundamental.

Então, além de ouvirmos as autoridades municipais, assumindo o cumprimento das normas contidas em seus decretos, vamos fazer tudo o que estiver ao nosso alcance para informar corretamente as comunidades a nós confiadas, prestar-lhes atendimento espiritual, alimentar sua fé, auxiliá-las em suas necessidades materiais e animar sua esperança.

Orientações para o Cumprimento dos Decretos Municipais do dia 15 de Julho de 2020, no contexto da Pandemia da Covid-19

Considerando o que consta nos Decretos Municipais da Região da AMUREL, datados de 15 de julho de 2020, a Diocese de Tubarão emite as seguintes orientações a serem seguidas em todas as suas vinte e oito Paróquias:

01. Continuar com o rigoroso cumprimento das normas de higienização das mãos com água e sabão ou álcool em gel a 70%, uso de máscara e o distanciamento social.

02. Quanto às secretarias:
a) Manter as portas fechadas, com serviço interno de atendimento ao telefone e a prestação de serviços de urgência.
b) Deixar claro que o Padre está presente e pronto para atender.

03. Quanto às igrejas:
– Ficarão com as portas fechadas, inclusive para visitas.

04. Quanto à Celebração das Santas Missas:
a) Somente o Presidente e quem for auxiliar na Liturgia.
b) Não executar cantos ao vivo. Use-se somente música instrumental.
c) Providenciar a transmissão pelos meios de comunicação.

05. Quanto aos Sacramentos:
a) Ficam suspensos os Batizados.
b) Atendam-se confissões e os doentes que pedirem a Unção dos Enfermos, sempre com os cuidados já conhecidos.

06. Quanto aos funcionários:
– Apenas para a prestação de serviços internos.

07. Quanto à caridade:
a) Estar atento às situações de urgência.
b) Promover a ação solidária.
c) Despertar e motivar o voluntariado.

É importante que mantenhamos e cultivemos a serenidade e a esperança entre nós e no meio do povo. Mas, com responsabilidade e transparência, a verdade deverá ficar sempre muito clara, para que todos saibam como cuidar.

Nossas igrejas poderão estar vazias. Porém, “nosso modo de ser igreja” poderá ser ainda mais cheio da presença de Deus.

Estas orientações entrarão em vigor a partir da data de sua publicação até o dia 30 de julho de 2020, podendo ser revistas oportunamente, considerando a evolução da pandemia e as decisões do poder público.

Tubarão, 16 de julho de 2020.

Dom João Francisco Salm
Bispo de Tubarão – SC

Download do Documento Oficial – Clique aqui.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

MUNDO | Biden nomeia equipe sênior de comunicação formada só por mulheres

O presidente eleito dos Estados Unidos, Joe Biden, anunciou na noite desse domingo (29.nov.2020) os nomes que farão parte da equipe sênior de comunicação da...

Morre Papa Diop, autor do primeiro gol da Copa do Mundo de 2002

Morreu ontem domingo, aos 42 anos, o senegalês Papa Bouba Diop. Autor do primeiro gol da Copa do Mundo de 2002 na vitória de...

Médico de Maradona é acusado formalmente de homicídio culposo

O médico de Diego Maradona, Leopoldo Luque, foi acusado formalmente de homicídio culpo, quando não há intenção de matar. A informação foi publicada neste...

ORLEANS | Vendas no Natal e fim de ano devem aquecer a economia

O mês de dezembro é sempre um dos melhores para pequenos e grandes empreendedores. As vendas de Natal e fim de ano costumam dar uma...