Tubarão | Inquérito apura morte de cães na cidade

Um inquérito policial vai apurar a morte de 13 cães e a descoberta de mais de 80 galos aprisionados em cativeiro em Tubarão. Os dois casos envolvem o mesmo suspeito, que participaria de rinhas pela região e teria matado os cachorros a pauladas.

Segundo informações, a Polícia Militar foi acionada ontem pela mulher do suspeito, após ela encontrar os animais mortos no terreno da associação da prefeitura, no bairro Campestre. Os cães tinham sido resgatados por ela e ficavam nesse espaço.

Enquanto prestava depoimento, a mulher também confessou que o marido tinha uma rinha em casa, além de manter mais de 80 galos presos. A propriedade fica a aproximadamente 1 km de distância do terreno onde os cachorros foram encontrados sem vida.

Por conta do grande número de animais envolvidos na ocorrência, a PM acionou a Polícia Militar Ambiental (PMA) de Laguna e a Delegacia de Delitos de Trânsito e Divisão de Crimes Ambientais (DTCA). A Cidasc e a Unidade de Vigilância de Zoonoses (UVZ) de Tubarão também participaram.

A Polícia Militar Ambiental lavrou os atos administrativos pertinentes, entregando as aves aos cuidados da Cidasc. Já os cães mortos – 12 filhotes e a mãe – foram recolhidos pela Unidade de Vigilância de Zoonoses (UVZ). Outros oito filhotes que estavam no local foram entregues a protetores.

No momento da ocorrência, o suspeito não estava em casa e ainda não tinha sido localizado até o fechamento desta edição. Ele deve responder pelos crimes de maus-tratos e contra a saúde pública. A suspeita é de que o homem tenha matado os animais após um desentendimento com a esposa.

Esta reportagem é do Diário do Sul

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Primeira semana de funcionamento do Pix movimenta mais de R$ 9 bilhões

Mais de 12 milhões de transações financeiras foram feitas na primeira semana de funcionamento do Pix, novo sistema de pagamentos instantâneos do Banco Central....

Senado aprova projeto para aumentar pena a crime cometido por discriminação

BRASÍLIA - O Senado aprovou um projeto aumentando a pena para crimes cometidos por discriminação no Brasil. A proposta foi apresentada pelo senador Paulo Paim (PT-RS)...

Gás natural mais barato pode ser alívio para setor agropecuário

Aprovada em setembro na Câmara dos Deputados, a nova lei do gás aguarda a discussão e votação no Senado. O projeto, que segue agora...

Lojistas catarinenses projetam aumento de vendas no Natal 2020

"Maioria prevê alta acima de 5% e tíquete médio de R$ 198,00, aponta FCDL-SC" Levantamento realizado pela Federação das Câmaras de Dirigentes Lojistas de Santa...