Trio rouba dois queijos, um doce, R$ 70 e foge de carroça em Minas

Uma ocorrência policial inusitada em Montes Claros, norte de Minas, resultou na prisão de dois homens e na apreensão de um adolescente. Por volta de 19h de terça-feira (2), no Bairro Santo Antônio, o trio roubou um vendedor ambulante, rendendo a vítima com um facão. Um dos homens, com o facão em punho, com ajuda dos dois comparsas, fez ameaças ao ambulante, um homem de 38 anos idade. Levaram dele, dois queijos, um doce e R$ 70 em dinheiro.

A polícia foi acionada e, quando a viatura chegou ao local do roubo, encontrou o ambulante agitado e um homem, que segurava o adolescente. Os dois homens que praticaram o roubo com o adolescente já não estavam no local. Haviam fugido em uma carroça puxada por um burro.

O adolescente, de 16 anos de idade, ao ser interrogado pelos policiais militares, indicou o paradeiro de um dos homens que havia fugido. Segundo o jovem, o homem estaria em uma casa, na Rua Santos, no Bairro Santo Antônio. Com o número da casa, os policiais seguiram para o endereço.

Preso no quarto

A pista era quente. A PM chegou ao local indicado pelo adolescente e abordou o homem, de 35 anos de idade, dentro de seu quarto. Ao fazer as buscas, os policiais encontraram as roupas que o homem vestia durante o roubo, e se certificaram de que as roupas eram exatamente iguais às descritas pelo ambulante, vítima do assalto. Também encontraram o facão usado para render a vítima. A perseguição ao outro autor do roubo se seguiu pelas ruas do Bairro Santo Antônio. Localizá-lo não foi tarefa difícil. Os policiais logo viram um homem conduzindo uma carroça, com todas as características descritas pela vítima. O condutor, de 38 anos de idade, foi abordado e identificado.

Estratégia de fuga

Os dois homens foram conduzidos em viaturas diferentes, mas, no trajeto, tiveram o mesmo comportamento. Enfurecidos, eles agiram com se tivessem combinado uma fuga. Na tentativa de arrebentar a compartimento fechado das viaturas, deram vários chutes na porta. Não conseguiram abrir a porta do recinto, chamado de ‘cofre’ pela PM, mas causaram um bom estrago.

Na delegacia, mais surpresas. Um dos homens tentou enganar os policiais militares e civis, dando um nome falso no momento da qualificação. Com habilidade, os policiais conseguiram fazer o homem informar o nome correto. Ao fazer a consulta no sistema, os policiais constataram que havia um mandado de prisão em aberto em desfavor do homem, que havia tentado enganar a polícia. A perícia da Polícia Civil compareceu à delegacia e constatou os danos nos compartimentos fechados das viaturas. Os dois homens foram presos. O adolescente, de 16 anos, apreendido. Os dois queijos, o doce e os R$ 70 em dinheiro foram entregues pelos policiais militares à Polícia Civil.

Tim Filho – especial para o EM

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

O Caminho de Santiago é para todos

O Caminho de Santiago é visto com frequência como um projeto religioso, místico, hippie, ou coisa parecida. Mas ele não é isso — ou, ao...

Cerâmica Elizabeth é a nova patrocinadora do Criciúma Esporte Clube

Empresa está entre os maiores fabricantes do mundo de revestimentos cerâmicos e tem uma unidade na cidade que dá nome ao clube de futebol A...

O seu horóscopo exclusivo em um Clic

O CAMINHO DOS ASTROS 51 A vida é um coletivo Urano teve vários filhos, como detestava a todos, mantinha-os presos no interior de Gaia, a Terra....

Pescadores e maricultores recebem apoio do Governo do Estado

Os pescadores e maricultores que sofreram prejuízos devido a fenômenos climáticos extremos, como o tornado e ciclones que atingiram Santa Catarina neste ano, contarão...