Torres volta para a bandeira laranja, risco médio

Torres volta para a bandeira laranja, risco médio, na 13ª rodada do Distanciamento Controlado do Governo Estadual, divulgado nesta sexta-feira, 31 de julho. Como é mudança para bandeira menos restritiva, já vale a partir deste sábado, 1º de agosto. O Comitê de Dados também anunciou mudanças no sistema de distanciamento controlado, facilitando a possibilidade de uma região ficar com alerta de risco. Das 20 regiões do Distanciamento Controlado, 12 foram classificadas com risco epidemiológico alto (bandeira vermelha) e as outras oito com risco médio (laranja).

O anúncio da nova rodada de bandeiras foi feito em transmissão ao vivo pela internet. Na manifestação foram anunciadas mudanças no modelo de distanciamento controlado. Uma delas diz respeito  ao local de moradia do paciente e a macrorregião em que ele foi internado.  O paciente será contabilizado, no indicador de hospitalização, para a localidade em que reside, mesmo que ele esteja internado em outro município. Isso poderá aliviar as avaliações de risco sobre as cidades que são referência de atendimento e que recebem doentes de municípios menores. Outras mudanças anunciadas se referem a alterações nos indicadores de velocidade e pontos de corte, dados utilizados na definição da cor das bandeiras de cada região.

Levando em conta estas mudanças, das oito regiões que já estavam em bandeira vermelha na 12ª rodada, apenas o Litoral Norte, depois de seis semanas consecutivas (desde o dia 23 de junho) classificada com alto risco, passou para laranja. Como é mudança para bandeira menos restritiva, já vale a partir deste sábado. Com relação às outras regiões, ainda existem 36 horas para municípios e associações apresentarem pedidos de reconsideração. As bandeiras definitivas serão divulgadas na segunda-feira, 3 de agosto.

Com informações da Prefeitura de Torres – RS

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Papa no Angelus: Jesus é a mão do Pai que nunca nos abandona

Francisco lembra que, "quando sentimos forte a dúvida e o medo, e parece que afundamos, não devemos ter vergonha de gritar, como Pedro: 'Senhor,...

Recessão econômica gerada pela pandemia impactou financiamento do Fundeb

Estudo do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) constatou que a queda na arrecadação de impostos, ocasionada pela pandemia da Covid-19, teve impacto no financiamento...

Aprovado PL que prevê pagamento de pessoal com salário-educação durante pandemia

Foi aprovado no Senado o projeto que permite o uso do salário-educação para pagamento de pessoal durante o estado de calamidade causado pela pandemia....

Ministério da Infraestrutura certificou mais nove postos de combustível como pontos de parada e descanso de caminhoneiros, os chamados “PPDs”. Em março, 12 estabelecimentos...