Tecnologia que usa “caneta” para diagnosticar câncer vai ser usada no combate ao Covid-19

Projeto desenvolvido entre a Universidade Mackenzie, em São Paulo, e as universidades de São Francisco (USF), em Bragança Paulista, e do Texas, nos Estados Unidos, pretende adaptar um dispositivo que detecta o câncer no diagnóstico do novo coronavírus. Trata-se de uma caneta que identifica tumores de forma imediata durante cirurgias de câncer, sem precisar de biópsia.

A proposta foi aprovada no resultado final do Programa de Combate a Epidemias da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES). As amostras usadas no estudo são coletadas em dois hospitais de Bragança Paulista e enviadas para os Estados Unidos.

Segundo os pesquisadores, em cirurgias de pacientes com câncer, a caneta solta uma gota d’água ao entrar em contato com a superfície e verifica se o tecido está infectado, com uma luz vermelha, ou se está saudável, com uma luz verde. A pesquisa integra uma série de ações apoiadas pela Capes relacionadas a pandemia da Covid-19.

Reportagem: Paulo Oliveira

Fonte: Brasil 61

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Polícia Militar apreende cerca de 250 quilos de cocaína em Navegantes

Na madrugada de quarta-feira (16), por volta das 2h, policiais militares de Navegantes e Itajaí prenderam três homens por tráfico de drogas e associação...

PMSC lança campanha “Doe carinho, doe um brinquedo”

Neste mês de setembro, a Polícia Militar de Santa Catarina (PMSC) iniciou a campanha de arrecadação de brinquedos que serão destinados à instituições de...

MEC promete protocolo e R$ 525 milhões para retorno às aulas presenciais

BRASÍLIA – O ministro da Educação, Milton Ribeiro, disse nesta quinta-feira, 17, que a pasta irá distribuir R$ 525 milhões a escolas para preparar o...

Funerária Zapelini informa o falecimento do Sr. José Carlos Mattos

Faleceu hoje dia (18) ás 4:15  no hospital Santa Otília de Orleans aos 56 anos o senhor José Carlos Mattos, deixa esposa, 3 filhos...