Taxa de transmissão da Covid-19 no Brasil tem menor índice desde maio

A taxa de transmissão da Covid-19 no Brasil caiu nesta terça-feira, 6, para 0,91, de acordo com o Imperial College de Londres. Em relatório divulgado na semana anterior, o índice estava em 0,98. Essa é a menor taxa desde o dia 18 de maio, quando também foi registrado 0,91.

A taxa de contágio atual significa que cada 100 pessoas contaminadas transmitem a doença para outras 91. Quando esse número está acima de 1, significa que a Covid-19 avança sem controle no território analisado. Dentro da margem de erro, esse índice pode variar de 0,88 a 0,95. A taxa de transmissão é uma das principais referências para acompanhar a evolução da pandemia.

O Imperial College também projeta que o número de mortes por Covid-19 nesta semana chegue a 10.300, uma redução de 510 mortes em relação à semana anterior – 10.810 óbitos.

Segundo levantamento do Imperial College, as maiores taxas de transmissão da semana são as de Mianmar, com 2,15, Portugal, com 1,46, e África do Su coml, com 1,45. Já os menores índices foram vistos na Hungria (0,31), Bahrein (0,46) e Espanha (0,55).

Desde o início da pandemia, mais de 184 milhões de casos foram registrados em todo o mundo, totalizando 3,99 milhões de mortes.

Reportagem: Matheus Deccache/Veja.com

ÚLTIMAS NOTÍCIAS