Suspeito de comandar assalto em Criciúma é preso em São Paulo

A polícia de São Paulo prendeu na quarta-feira (13), em Limeira (SP), David Marques dos Santos, de 45 anos, apontado como um dos assaltantes mais procurados do país.

As polícias de São Paulo e de Santa Catarina suspeitam que ele tenha comandado o maior assalto da história de Santa Catarina, em novembro de 2020, na noite conhecida como Noite de Terror, em Criciúma.

Ele estava foragido fazia seis anos e é considerado um dos principais envolvidos em roubos audaciosos no Brasil e no Paraguai, envolvendo ataques a bancos e caixas eletrônicos.

Segundo as investigações, Santos também participou do roubo da empresa de transporte de valores Prosegur, no Paraguai, em 2017, e no Aeroporto de Blumenau, em março de 2019.

O suspeito foi apresentado no Departamento Estadual de Investigações Criminais (Deic), na capital paulista. De acordo com o Deic, o preso é especialista em invasões e explosões de empresas de transportes de valores, agências bancárias e aviões pagadores, além de ser um dos implementadores da formação de bandos para atacarem cidades, modalidade conhecida como “novo cangaço”.

É investigado por invasões em bando de cidades no interior da Bahia, Pernambuco e Maranhão. Os alvos eram agências bancárias e casas lotéricas.

Durante o assalto que Santos é suspeito de comandar, em Criciúma, os criminosos atacaram a agência bancária do Banco do Brasil, localizada no Centro da cidade e, durante a ação, queimaram um caminhão, atiraram para o alto com armas pesadas e fizeram reféns. Um policial tubaronense, Jefferson Esmeraldino, ficou gravemente ferido durante o ataque ao quartel da PM e continua internado.

Fonte: Portal Sul Agora

ÚLTIMAS NOTÍCIAS