SUS vai atender em casa pacientes com dificuldade de locomoção

O Ministério da Saúde Informou hoje (3) que o atendimento do Sistema Único de Saúde (SUS) a pacientes com dificuldade de se locomover até uma unidade de saúde terá mais 410 equipes para o tratamento em casa. A medida vai atender 210 municípios de 21 estados. De acordo com o ministério, o objetivo é reduzir a demanda por atendimento nos hospitais, evitando as internações e reinternações, bem como diminuir o tempo de permanência de usuários internados no SUS.

Dos 210 municípios que receberam o benefício, 178 estão sendo habilitados pela primeira vez na modalidade de atenção à saúde, com atendimento especializado para pacientes domiciliados.

Para realizar a modalidade de atendimento houve um incremento de R$ 160,4 milhões no repasse aos estados e municípios. A pasta disse que, com as novas habilitações, agora serão 1.157 equipes multiprofissionais de Atenção Domiciliar (Emads) e equipes multiprofissionais de Apoio (Emaps).

“As Emads são formadas por médicos, enfermeiros e técnicos de enfermagem que ofertam um suporte médico completo aos pacientes que estão acamados. Já as Emaps têm composição mínima de três profissionais de nível superior, escolhidos entre oito diferentes ocupações: assistente social; fisioterapeuta; fonoaudiólogo; nutricionista; odontólogo; psicólogo; farmacêutico e terapeuta ocupacional”, informou o ministério.

Por Luciano Nascimento – Repórter da Agência Brasil

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

RIO AMÉRICA | Igreja recebe nova iluminação através da Coopercocal

Além de distribuir energia prezando pela qualidade e agilidade nos serviços prestados, a Coopercocal investe constantemente em serviços sociais. Neste mês de setembro, a...

Escola Barão do Rio Branco de Urussanga realizará “Drive Thru da Leitura”

Os alunos da Educação Fundamental da Escola Barão do Rio Branco, na cidade de Urussanga, poderão participar de uma atividade diferente, durante as aulas...

EVENTOS | Novas regras para diferentes setores

Após o governo confirmar que Santa Catarina não tem mais regiões em nível gravíssimo para a covid-19, novas regras foram criadas para as áreas...

Funerária Zapelini informa o falecimento do Sr. Ademir Ghisi

Faleceu hoje ás 08h dia (29) no hospital de Criciúma o senhor Ademir Ghisi mais conhecido como "Leco", com a idade de 64 anos,...