STJ mantém prisão de ex-secretário de Saúde do DF e outros três investigados

O ministro do Superior Tribunal de Justiça (STJ) Rogério Schietti negou liminar para tirar da prisão preventiva o secretário afastado de Saúde do Distrito Federal, Francisco Araújo, e outros três detidos na terça-feira (25/8), no âmbito da Operação Falso Negativo.

Schietti não concedeu medidas liminares solicitadas pelas defesas do ex-secretário adjunto de Assistência à Saúde, Ricardo Tavares; do secretário adjunto afastado de Gestão em Saúde, Eduardo Pojo; e do diretor afastado do Laboratório Central (Lacen), Jorge Chamon. Ou seja, eles continuam presos.

O único que teve pedido deferido pelo ministro do STJ e deve ser solto é o subsecretário afastado de Vigilância à Saúde, Eduardo Hage. No caso dele, Schietti definiu outras medidas cautelares, como proibição de acessar a Secretaria de Saúde e de manter contato com servidores ou com outros acusados.

Hage também não poderá sair do Distrito Federal sem autorização judicial. E o ministro ainda determinou a suspensão do exercício da função pública do subsecretário.

Os advogados de Francisco Araújo pediram à Justiça que o cliente respondesse em liberdade até o julgamento do habeas corpus ou que fossem aplicadas medidas cautelares diferentes da prisão. Schietti, contudo, não vislumbrou “constrangimento ilegal a sanar em sede de medida de urgência (liminar), de modo que a controvérsia será analisada na oportunidade própria do seu julgamento definitivo”.

A cúpula da Secretaria de Saúde do DF foi detida na terça-feira (25/8). O Ministério Público do Distrito Federal e Territórios (MPDFT) investiga irregularidades em dispensas de licitações direcionadas à aquisição de insumos para o combate à Covid-19. A estimativa é de que houve prejuízo de R$ 18 milhões aos cofres públicos.

Seis gestores foram presos e um mandado de prisão não foi cumprido. O Governo do Distrito Federal (GDF) afastou dos cargos de chefia os sete alvos da operação.

Confira quem foi preso na 2ª fase da Operação Falso Negativo:

  • Francisco Araújo, secretário de Saúde do DF (foto em destaque);
  • Ricardo Tavares Mendes, ex-secretário adjunto de Assistência à Saúde;
  • Eduardo Hage Carmo, subsecretário de Vigilância à Saúde;
  • Eduardo Seara Machado Pojo do Rego, secretário adjunto de Gestão em Saúde;
  • Jorge Antônio Chamon Júnior, diretor do Laboratório Central (Lacen);
  • Ramon Santana Lopes Azevedo, assessor especial da Secretaria de Saúde (todos foram afastados).

Apenas o mandado de prisão contra o secretário afastado de Administração Geral, da Secretaria de Saúde do DF, Iohan Andrade Struck, não foi cumprido. O advogado do gestor, Alexandre Adjafre, disse que Struck está com suspeita de Covid-19. Ele apresentou atestado de 10 dias do cliente.

Outro lado
Por meio de nota, a defesa de Ricardo Tavares afirmou que “a prisão é medida injusta, incompreensível e cruel”. “A decisão se fundamenta em suposta necessidade de evitar infrações, quando, na verdade, Ricardo sequer integra mais a Secretaria Adjunta de Assistência à Saúde, tendo se desvinculado da pasta em 10/07/2020. Desde então, o ex-secretário-adjunto não mantém qualquer tipo de vínculo com a função relacionada aos fatos em apuração”.

O texto continua: “Ricardo, médico ortopedista concursado da Secretaria de Saúde do DF desde 2002, é funcionário público que dedicou 18 anos de sua vida profissional à Saúde Pública do Distrito Federal. Sua liberdade não oferece qualquer risco à sociedade ou à efetividade do processo, não havendo qualquer justificativa plausível para a prisão”.

As defesas dos demais presos ainda não se manifestaram. O espaço continua aberto.

ISADORA TEIXEIRA e GABRIELLA FURQUIM

Com informações do site De olho no Poder

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Artigo | Enfrentando o luto diante da pandemia

A perda de um ente querido já é dolorosa por si só, e diante dessa pandemia, ao passarmos pelas etapas sem velório e funeral,...

Confira agora o seu horóscopo personalizado agora

LUIZ HENRIQUE (48) 99623-6232 (Whats) Presencial/Online Desenvolvimento e estudo na Arte Oracular: Tarô; Astrologia; Constelação Arquetípica; Numerologia; boaastrologia@gmail.com O CAMINHO DOS ASTROS 56 O Mundo Invertido “Toda transformação interior resulta em...

Espaços culturais recebem recursos da Lei Aldir Blanc em Forquilhinha

Os responsáveis pelos espaços culturais vão receber recursos da Lei Aldir Blanc em Forquilhinha. O termo de concessão do subsídio emergencial foi assinado nesta...

Funerária Zapelini informa o falecimento do Sr. Fortunato Olívio Burato

Faleceu ontem dia (28) ás 16:00 no hospital São José de Criciúma aos 77 anos o senhor Fortunato Olívio Burato, deixa esposa, 3 filhos,...