STF barra impressão de comprovante de voto nas eleições

BRASÍLIA (Reuters) – O Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu barrar uma norma que previa a impressão de um comprovante de votação pela urna eletrônica, conforme previa a minirreforma eleitoral de 2015.

Esse trecho da lei já estava suspenso liminarmente por determinação do plenário do Supremo às vésperas da eleição presidencial de 2018.

Com o julgamento de agora do plenário do Supremo, em votação virtual, a decisão se tornou definitiva.

O presidente Jair Bolsonaro já fez defesas públicas da adoção do voto impresso em eleições, ao alegar –sem apresentar provas– que haveria fraudes no sistema eletrônico de votação.

(Reportagem de Ricardo Brito) Reuters

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Mutirão de Emprego acontece online e tem 5 mil vagas abertas

A partir desta segunda-feira (28), a 5ª edição do Mutirão de Emprego oferecerá 5 mil vagas na capital e nas cidades da região metropolitana...

FORQUILHINHA | Centro de Triagem Coronavírus em novo horário a partir de outubro

O Centro de Triagem Coronavírus vai funcionar em novo horário a partir desta quinta-feira, 1, em Forquilhinha. O atendimento será realizado de segunda a...

Adoção consciente é a melhor vacina contra os maus-tratos e o abandono de animais

"Esta campanha educativa ressalta que é preciso plantar a semente da caridade para colher os frutos do amor". No isolamento social, as pessoas com receio...

Mulheres são 13% dos candidatos a prefeituras

BRASÍLIA - Com poucos incentivos e barreiras históricas, as mulheres ainda são uma parcela pequena na disputa pelas prefeituras: representam apenas 13,05% (2.495) dos 19.123 candidatos...