Sindilojas-SP vai ao judiciário em defesa das perfumarias

Mandado de Segurança Coletivo foi impetrado para permitir o atendimento presencial nas lojas de perfumaria que comercializam produtos de higiene, limpeza e álcool gel na cidade de São Paulo.

As autoridades estaduais e municipais vêm interpretando de maneira equivocada a legislação vigente, causando inúmeros prejuízos e multas pela fiscalização da Vigilância Sanitária, gerando dúvidas e incertezas para os estabelecimentos.

O Sindilojas-SP manteve permanente contato e diálogo com as autoridades, demonstrando sempre que o comércio de produtos de higiene e limpeza vendidos nas empresas de cosméticos e perfumarias são considerados essenciais, portanto com permissão de atendimento presencial de clientes, logicamente com todos os protocolos de higiene, saúde e distanciamento, amplamente divulgados pelo sindicato.

Diante das sucessivas postergações e negativas do Governo Estadual e Municipal e com a orientação da Câmara Setorial dos Lojistas de Cosméticos e Perfumarias da entidade, a diretoria viu-se obrigada a tomar as providencias judiciais para esclarecer e permitir o trabalho do segmento.

O Sindilojas-SP aguarda o posicionamento urgente do poder judiciário com a concessão de liminar para beneficiar as empresas associadas e filiadas quites com suas contribuições à entidade.

Contatos da assessoria

ÚLTIMAS NOTÍCIAS