Siderópolis : Amplia atrativos turísticos com Ciclorrota do Gemellaggio

Iniciante no ciclismo ou praticante experiente, não importa, pois a Rota do Gemellaggio será para todos. Aproximadamente 30km de trajeto compõem a atração com passagem por alguns locais que fazem parte da história de Siderópolis e ainda permitem estar em contato com as mais belas paisagens do município. No caminho está o antigo prédio da Companhia Siderúrgica Nacional (CSN), igrejas, cachoeiras e também o monumento que celebra os laços da cidade com Forno Di Zoldo, na Itália.

“Com o aumento da prática do ciclismo, essas rotas permitirão que as pessoas sintam ainda mais desejo de pedalar aqui”, indica um dos idealizadores, Aurélio Pazzetto Neto. Além dele, o desafio de estruturar a Rota do Gemellaggio envolve a experiência da Soultrip Ecoturismo e também o Departamento de Turismo de Siderópolis. O próximo passo será preparar a sinalização e lançar a agenda de visitas guiadas. As datas poderão ser acompanhadas em www.soultrip.com.br.

“Os empreendedores locais também poderão contribuir ao abrir as portas, receber bem cada visitante, além de investir também em atrativos para que essa vivência seja cada vez mais positiva”, enaltece a diretora da Soultrip, Luciana Tertuliano. “Todos sabem o quanto os ciclistas giram a economia no local, principalmente na gastronomia. E, quando um ciclista vem até nossa cidade e sente-se confortável, ele volta, traz a família e indica amigos”, acrescenta Aurélio.

“O Departamento de Turismo está trabalhando para mapear e desenvolver produtos nessa área de cicloturismo. O apoio é integral e incondicional”, afirma o diretor de Turismo de Siderópolis, Tiago Henrique Vieira de Freitas. Além da Ciclorrota do Gemellaggio, outras duas opções para os ciclistas também já estão em desenvolvimento. “Teremos graus de dificuldade maiores para quem pretende buscar ainda mais aventura”, pontua Luciana.

Soultrip Ecoturismo: Luciana Tertuliano

ÚLTIMAS NOTÍCIAS