Setor de eventos busca meios para retornar atividades no Sul do Estado

O setor de eventos tem sido um dos mais prejudicados pelas medidas restritivas necessárias a prevenção do novo coronavírus. Em Criciúma, representantes do setor participaram de encontro com o secretário de Estado da Saúde, André Motta, para buscar meios de retomar algumas atividades seguindo os cuidados necessários.

“Faz cinco meses que estamos parados, sem expectativa nenhuma. Não queremos que tudo volte ao normal, temos consciência da gravidade do vírus, mas precisamos ao menos ‘engatinhar’, voltar aos poucos com o que for possível no setor de eventos”, afirmou o cantor Neguinho, que esteve no encontro.

Segundo o cantor, um plano será elaborado com estratégias e medidas de prevenção que possibilitem a realização de eventos seguindo as recomendações do Estado. “Vamos pensar em regras, em shows, por exemplo, que as pessoas assistam das mesas, distantes um dos outros, possivelmente ao ar livro. Claro, sempre com a redução da capacidade de ocupação nos locais”, completou.

Um novo encontro será marcado para que o Estado possa analisar os pedidos do setor.

OCPNews

Foto : Divulgação

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Pinguim é encontrado morto no litoral de SP com máscara no estômago

Um pinguim foi encontrado morto no último dia 09 de setembro na praia de Juquehy, em São Sebastião, litoral de São Paulo – e, depois de...

Indenização para idosa que perdeu visão após porta de ônibus fechar sobre seu rosto

Uma idosa do Vale do Itajaí, que perdeu a visão depois que a porta de ônibus do transporte coletivo fechou sobre o seu rosto...

Operação desmantela associação criminosa interestadual especializada em roubo de cargas

Policiais civis da Divisão de Investigação Criminal (DIC) de Joinville desencadearam na terça-feira (22) uma operação com o objetivo de cumprir mandados de prisões...

Síndicos deverão comunicar casos de violência doméstica à polícia no Rio

Nesta terça-feira (21), o governador em exercício do Rio de Janeiro, Cláudio Castro, sancionou a Lei 9.014/20, que determina que, a partir de agora, síndicos...