Senar promove 150 treinamentos gratuitos em setembro no Estado

O Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar/SC), órgão vinculado à Federação da Agricultura e Pecuária do Estado de Santa Catarina (Faesc), promove em setembro 150 treinamentos gratuitos de curta duração em 71 municípios. Em parceria com os Sindicatos Rurais, os cursos contemplam mais de 4.000 produtores e buscam fomentar o conhecimento e aumentar a produtividade dos trabalhadores rurais. São qualificações que ensinam técnicas para melhorar a gestão das propriedades e a desenvolver atividades de complementação de renda, como artesanato, confeitaria, produção caseira de alimentos, processamento de carnes e cultivo de plantas medicinais. A formação também engloba inclusão digital, operação e manutenção de máquinas agrícolas, turismo rural e organização dos estabelecimentos.

De acordo com o presidente do Sistema Faesc/Senar-SC, José Zeferino Pedrozo, desde julho a oferta dos cursos está reduzida e só acontece nos municípios em que há autorização local. Todos os treinamentos atendem as medidas de prevenção determinadas pelos órgãos de saúde. “Os cursos são importantes para ampliar a produtividade, repassar novas técnicas e incentivar a inovação dentro das propriedades. Por isso é essencial que eles continuem acontecendo, com todos os cuidados e segurança possíveis. Nossa proposta é gerar conhecimento e oportunidades para melhorar a qualidade de vida no meio rural”.

Para o superintendente do Senar/SC, Gilmar Antônio Zanluchi, as qualificações são fundamentais para o fomento do agronegócio catarinense. “São cursos mensais realizados em todas as regiões do Estado e que complementam o conhecimento dos produtores e ensinam novas formas de melhorar e ampliar as atividades. Eles fortalecem a agricultura familiar e as cadeias produtivas”, observa.

Os interessados nos treinamentos devem procurar o Sindicato Rural do seu município para inscrições. As capacitações estão disponíveis no site do Senar/SC (www.senar.com.br), com especificação de carga horária, local e data.

PROGRAMAÇÃO DE SETEMBRO

O oeste catarinense receberá 12 cursos em oito municípios. Destaque para treinamentos sobre Operação e Manutenção de Tratores e Implementos Agrícolas (Abelardo Luz – 21 e 23), Fluxo de Caixa da Atividade Rural (São Domingos no dia 3), Jardineiro (Formosa do Sul – 17 e 18), Processamento de Carne Suína (Quilombo – 15 a 18) e Produção Caseira de Pães e Biscoitos (Itá de 23 a 25).

No extremo oeste, serão 24 cursos em 10 municípios. Os treinamentos destaques são sobre Doma Racional de Equídeos (Tunápolis, 14 a 18), Soldador (Palma Sola, 1 a 4), Organização da Propriedade Rural – Programa 5S (Itapiranga, 23 e 24), Aumento da Produtividade do Mel (Novo Horizonte, 8 e 9), Derivados de Leite (Descanso, 1 e 2) e Bordado com Patchcolagem (São Lourenço do Oeste, 21 a 23).

Entre os 14 treinamentos em oito municípios do meio oeste estão: Inseminação Artificial em Bovinos (Água Doce, 14 a 17; 21 a 24), Meliponicultura (Campos Novos, 22 e 23), Produção Caseira de Massas para Congelamento (Catanduvas, 1 e 2; Vargem Bonita, 29 e 30) e Processamento de Carne Suína (Luzerna, 10 e 11) e de Frango (Erval Velho, 8 e 9).

O norte catarinense receberá 39 cursos em 12 municípios, entre eles: Segurança e Saúde no Trabalho com Agrotóxicos (Campo Alegre, 9 a 11), Floricultura (Bela Vista do Toldo, 10 e 11), Olericultura Orgânica (Porto União, 2 e 3), Instalação e Manutenção de Redes Elétricas (Mafra, 21 e 22) e Manejo de Gado Leiteiro (Papanduva, 1 e 2).

A região do planalto serrano receberá 21 cursos em 10 localidades. Destaque para as capacitações sobre Artesanato com Pintura (Alfredo Wagner, 22 a 25), Bordado em Chinelos (Bocaina do Sul, 29 e 30), Conservas de Frutas, Hortaliças e Temperos (Painel, 15 e 16; Ponte Alta, 24 e 25) e Emissão de Nota Fiscal Eletrônica do Produtor Rural (Urubici no dia 11).

O sul terá 15 treinamentos em nove municípios, entre eles: Doma Racional de Equídeos (Araranguá, 4 a 11), Inclusão Digital Rural – Informática Básica (Nova Veneza, 15 e 16), Artesanato de Bordado (Anitápolis, 8 a 11) e Artesanato com Pintura (Turvo, 24 e 25).

A região do vale do Itajaí contará com 25 cursos em 14 municípios, entre eles: Beneficiamento e Conservação de Pescado (Massaranduba, 8 e 9), Operação e Manutenção de Motosserra no Corte de Árvores (Blumenau, 21 a 23), Programa 5S (Timbó, 15 e 16) e Produção de Frangos e Ovos Caipiras (Massaranduba, 15 a 18).

MB Comunicação Empresarial/Organizacional

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

95 municípios podem ter de realizar segundo turno nas Eleições Municipais de 2020

De acordo com o Tribunal Superior Eleitoral (TSE), 95 municípios com mais de 200 mil habitantes podem ter de promover um segundo turno de...

Réplica da primeira igreja matriz de Orleans, um local que ainda recebe visitantes

A primeira capela da cidade foi construída em 1886 pelo  comendador francês Joaquim Caetano Pinto Júnior. As telhas vieram da França, e possuía 4 janelas...

Polícia Civil prende suspeito de feminicídio e de homicídio de recém-nascido e localiza corpos das vítimas

Na terça-feira (22), a Polícia Civil, por intermédio do Setor de Investigações Criminais de Itapema, cumpriu um mandado de prisão temporária contra um investigado...

Pinguim é encontrado morto no litoral de SP com máscara no estômago

Um pinguim foi encontrado morto no último dia 09 de setembro na praia de Juquehy, em São Sebastião, litoral de São Paulo – e, depois de...