Secretária de Educação, Cultura e Desporto de São Ludgero, diz que possibilidade do retorno presencial das aulas é assunto para ser debatido após oficialização por parte do Governo Estadual

“Tenho acompanhado o trabalho de todos os envolvidos com a Educação no município de São Ludgero e diante de tantas incertezas, posso dizer que estamos indo muito bem”. A declaração acima é da Secretária de Educação, Cultura e Esportes de São Ludgero, Sirlene Machado Cunha Joaquim, confirmando o esforço conjunto que está acontecendo para alcance de bons resultados com as aulas não presenciais, consequência da pandemia do Coronavírus. Sobre a possibilidade da liberação por parte do Governo do Estado para os municípios decidirem sobre o retorno das aulas presenciais ela diz que o primeiro passo é aguardar a oficialização para o tema ser tratado com a equipe, secretaria de saúde, conselhos e gestão municipal.

Com a evolução da contaminação no mundo e os primeiros casos confirmados no Brasil e em Santa Catarina do Coronavírus, foram iniciadas ações e tomadas decisões, respeitando sempre os Decretos Estaduais, com uma vivencia de um período de incertezas. “Os primeiros quinze dias foram de análise e a preocupação de estarmos todos bem por meio do afastamento social. Pensávamos até em um breve retorno, no qual conseguíssemos uma reposição das aulas de forma presencial”, explica a secretária. Com os profissionais em casa a Secretaria de Educação, Cultura e Esportes, continuou seus trabalhos de forma remota, com sua equipe e gestores escolares, tecendo ações, caso não houvesse o retorno. “E a reorganização do calendário escolar com o uso das atividades não presenciais foi o caminho a ser seguido, diante da permanência do isolamento social até o momento”, completa. Ela reforça que a preocupação sempre foi que o planejamento implantado minimizasse ao máximo os impactos na Educação, porém que chegasse às famílias de forma flexível, para que as atividades fossem significativas. “E, para o êxito ser alcançado a participação efetiva das famílias na vida das crianças e a aproximação com a escola está sendo fundamental no processo do aprendizado de forma remota”, enfatiza. Outro desafio a ser superado foi promover a igualdade, fazendo com que todas as atividades propostas chegassem a todos os alunos. “Desde o início uma comunicação eficiente entre todos os envolvidos foi fundamental para a sintonia e a unificação da educação da Rede Municipal de São Ludgero. As famílias têm como suporte o seu professor, o professor tem a equipe gestora com sua coordenação pedagógica e esses têm como suporte a equipe da Secretaria de Educação. Em relação a utilização das ferramentas tecnológicas, os casos pontuais também foram resolvidos com a entrega impressa das atividades”, reforça a secretária. Sirlene confessa que existiram dias tensos, mas com os objetivos claros de caminhar com a maior segurança possível.  “Está sendo um aprendizado para todos, vivências e experiências. Parabéns a todos os envolvidos. A missão principal de todos neste momento é contribuir para que não haja ruptura do vínculo escolar – Família – Aluno – Escola. Estamos pensando no aprendizado, mas a prioridade é a saúde de cada um”, resume.

O prefeito de São Ludgero, Ibaneis Lembeck, o Iba, diz que se realmente for oficializado pelo Governo do Estado a liberdade aos municípios de decidirem sobre o retorno presencial das aulas o assunto também será deliberado de forma conjunta pelos prefeitos que integram a Associação dos Municípios da Região de Laguna (Amurel). “Tratamos conjuntamente questões envolvendo a saúde e acredito que servirá também para a educação se realmente o Governo do Estado der a liberdade”, resume.

ASCOM/Prefeitura de SL

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

O seu horóscopo agora personalizado e exclusivo só aqui

O CAMINHO DOS ASTROS 55 Plutão e o Dilema das Mentes Espalhar Fake News é espalhar miséria. Por dois motivos: Não acrescenta nada no espírito ou...

Segurança de boate deve apartar e neutralizar brigas, não atacar clientes, reforça TJ

Um técnico em refrigeração espancado por seguranças na saída de uma boate, na Capital, será indenizado em R$ 5 mil por danos morais. A...

Famílias passarão a receber o Bolsa Família somado ao Auxílio Emergencial até dezembro

Até o próximo dia 30 de outubro, cerca de 12,4 milhões das mais de 14,27 milhões de famílias atendidas pelo Programa Bolsa Família (PBF)...

Laguna | Passa dos mil pacientes curados de Covid-19

Mais seis casos positivos de coronavírus foram confirmados em Laguna, segundo informa o boletim epidemiológico emitido nessa terça-feira, 20, pela prefeitura. Outras 14 pessoas...