Secretaria de Assistência Social distribui roupas e calçados usados na cidade de Cocal do Sul

A Secretaria de Assistência Social de Cocal do Sul iniciou essa semana, na sede do Lions Clube, uma feira de distribuição de roupas e calçados usados para famílias em situação de vulnerabilidade social.

Segundo a assistente social do Centro de Referência de Assistência Social (CRAS), Paula Tomazi Zaverese, as famílias cadastradas nos programas sociais ou que recebem algum acompanhamento da secretaria são convidadas irem até a sede do Lions para receber roupas e sapatos. As idas são agendadas, para evitar aglomeração por conta dos protocolos da pandemia, a cada 40 minutos.

A psicóloga do CRAS, Jéssica Zasan, explica que com a chegada do inverno, somada ao problema da pandemia e o aumento do desemprego, iniciativas como esta, ajudam às famílias a enfrentar essa fase. “São fatores que somam, dificultando ainda mais para todas as famílias”, afirma Zasan.

O secretário interino de Assistência Social de Cocal do Sul, Juarez Fogaça, disse que qualquer pessoa que se sentir na necessidade de agasalhos e sapatos pode entrar em contato com o Cras, no telefone 3444-6059.

A triagem das roupas, sapatos e assessórios levou dois dias e meio e foi realizada pela equipe do Cras, composta pelas assistentes sociais Cristiane Fernandes e Paula Tomazi Zaverese; a psicóloga, Jéssica Zasan; Paulo Ricardo Souza, José Carlos Demôni, Daniela Kaspchsk e Alice Domingos.

Aumento do número atendimentos no CRAS

O Cras de Cocal do Sul registrou o aumento do atendimento no mês de abril. A média de atendimento é de 60 por mês, mas em abril foi registrado 320 atendimentos de pessoas que recebem algum tipo de benefício como cesta básica, leite, pães, bolachas, materiais de limpeza e higiene pessoal, além de mais 600 encaminhamentos.

Antonio Rozeng / Assessoria de Imprensa Prefeitura de Cocal do Sul

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

FLORIANÓPOLIS | SHRBS contesta anúncio do cancelamento do Réveillon oficial da capital

Um evento que divulga a cidade, além de atrair um enorme público durante o auge da temporada, o Réveillon oficial de Florianópolis não deveria...

AGRONEGÓCIO | Fruticultores recebem assistência técnica e gerencial para ampliar produtividade em SC

"Programa do Senar atende 180 produtores do Sul, Planalto Norte e Meio Oeste. Cultivo de pera, banana, uva, maçã, maracujá e pitaya são destaques...

Ginecologista de Florianópolis é condenado por crimes de violação sexual mediante fraude contra paciente

Vítimas sofreram abusos durante consultas de rotina. MPSC recorreu da condenação a oito anos de prisão em regime semiaberto. Um médico ginecologista, denunciado pelo Ministério...

Empresas podem destinar até 4% do imposto devido a projetos culturais

"Segunda live da série que o Fundo Social da FIESC realiza até novembro detalha como parte do imposto de renda devido por empresas pode...