São Joaquim anuncia fechamento do comércio e suspensão das aulas por uma semana

Após aumento de casos de coronavírus e lotação leitos da UTI Covid no hospital de São Joaquim, o prefeito Giovani Nunes (PSL) anunciou neste domingo (7) novas medidas restritivas por uma semana. Segundo ele, o comércio será fechado e as aulas presenciais serão suspensas nas redes pública e privada.

Conforme o prefeito, o decreto será publicado nesta segunda (8) e vai entrar em vigor a partir da terça-feira (9). Segundo a prefeitura, ficarão abertos os postos de combustíveis, supermercados, mercados, padarias, farmácias e demais atividades vistas como essenciais que forem determinadas pelo decreto. Restaurantes e lanchonetes só poderão atender por delivery ou retirada no balcão.

“Vamos editar um decreto e vamos cobrar a fiscalização, vamos multar se necessário as pessoas que não usarem máscara e aumentar em até quatro vezes o valor dessa multa. Estamos à beira de um colapso, não queremos ver pessoas morrendo na nossa frente, por falta de leitos e UTI e falta de leitos em hospitais. Quero que nossos comerciantes entendam, não queremos punir uma classe, mas temos que diminuir a circulação de pessoas urgentemente. Temos que ter coragem!” destacou o prefeito de São Joaquim. 

Lages também anuncia restrições

Neste domigno (7), o prefeito de Lages, Antonio Ceron (PSD), também anunciou o fechamento de serviços não essenciais e suspensão das aulas presenciais na cidade. As medidas entram em vigor a partir da 00h de terça-feira (9) e valem até o dia 15 de março. Em coletiva, o prefeito falou da situação de colapso na saúde que a região enfrenta. 

Por Redação DC

Erro, não existe o grupo! Verifique sua sintaxe! (ID: 4)
Erro, não existe o grupo! Verifique sua sintaxe! (ID: 5)

ÚLTIMAS NOTÍCIAS