São João do Oeste fortalece turismo local com plano municipal

Turismo termal e de lazer são os segmentos definidos como base na motivação atual para o fluxo de visitantes em São João do Oeste, no extremo oeste do Estado. Além disso, foram apontados como potenciais identificados os setores de ecoturismo e histórico cultural. Essas informações estratégicas constam no Plano Municipal de Turismo elaborado pelo Sebrae/SC. O documento com aproximadamente 200 páginas foi entregue neste mês à Administração Municipal.

O estudo estabelece diretrizes e estratégias para o desenvolvimento da atividade. Sua construção representa um alinhamento à Política Nacional do Turismo. A elaboração ocorreu de maneira participativa envolvendo os setores público e privado, além da comunidade local. Como parte do processo foi formado um grupo de trabalho, que posteriormente se subdividiu em grupos menores a partir dos segmentos turísticos identificados no município.

As etapas do planejamento contemplaram: caracterização do território; análise da infraestrutura básica e dos serviços gerais encontrados na área turística; estudo do quadro institucional da área turística; reconhecimento do destino e perfil da oferta; estratégias de desenvolvimento turístico; plano de ação; avaliação e monitoramento. Ao todo foram realizados sete seminários para avaliar, discutir e propor soluções.

De acordo com as consultoras credenciadas ao Sebrae/SC, Karla Fabiana Hall e Sílvia Nowalski Balduíno, um diferencial desse Plano Municipal de São João do Oeste é que muitas ações estabelecidas foram construídas na medida em que o documento era elaborado. “Foi criado um grupo de comunicação e marketing que trabalhou a mensagem do destino de uma maneira diferenciada. Também foi formado um grupo da gastronomia que mobilizou vários restaurantes e padarias para ofertar comidas típicas, além de criar um folder com toda a oferta gastronômica”, explica Sílvia ao comentar que o plano foi aprovado pela Câmara de Vereadores e será transformado em lei municipal.

Para o prefeito, Fernando Bisigo, o Plano Municipal de Turismo é um referencial para orientar na tomada de decisões. “Com definições assertivas poderemos explorar o potencial turístico do município e, para isso, precisamos estar preparados para avançar nesse segmento”, analisa.

A secretária da Educação, Cultura e Esportes, Silvane Ines Schneiders Baumgarten, enfatiza que São João do Oeste apresenta grande potencial na área de turismo, seja no âmbito das belezas naturais ou na cultura herdada dos colonizadores. “Precisamos apenas de estruturação e organização dos atrativos e produtos para consolidar o município como destino turístico de eventos, negócios e lazer. Por isso, o plano é uma ferramenta adequada para estabelecer diretrizes para a condução da atividade, de forma compartilhada entre poderes público e privado”, destaca.

Segundo o assessor de planejamento, gestão e economia do Departamento de Indústria, Comércio e Turismo, Vanei Rogério Ritter, o turismo fomenta a economia, gera empregos, traz divisas para o município, favorece as relações sociais e culturais e amplia as possibilidades de desenvolvimento. “Este importante documento será a garantia de que o turismo local seja uma realidade e tenha um norte a ser seguido”, afirma.

MB Comunicação Empresarial/Organizacional

ÚLTIMAS NOTÍCIAS