Santa Catarina poderá oferecer curso técnico de música no ensino médio

Curso técnico em Regência Musical poderá fazer parte da grade curricular oferecida a alunos do ensino médio da rede pública de educação de Santa Catarina.  O assunto foi tratado nesta quarta-feira, 16,  durante reunião  virtual articulada pelo deputado estadual Dr. Vicente Caropreso (PSDB) da qual participaram o secretário de Estado da Educação, Natalino Uggioni, integrantes do corpo técnico da secretaria e representantes da Associação de Bandas e Fanfarras do Vale do Itajaí – ABAFAVI.

O secretário de Educação afirmou que é um entusiasta da iniciativa e que a secretaria irá acompanhar o projeto ao conselho. “Vejo isso como investimento. Uma oportunidade de formação profissional para estes jovens que está ao nosso alcance, ao mesmo tempo que cria um estímulo para a permanência deles na escola”.

A proposta de criação do curso  para alunos do ensino médio foi  apresentada pelo maestro Carlos Eggert Junior, que é professor na rede municipal de Schroeder e diretor do departamento de educação da ABAFAVI.  O projeto pedagógico já está em análise pelo Conselho Estadual de Educação.  A iniciativa nasceu de uma demanda apresentada pela Escola Estadual Pedro II, de Blumenau, que solicitou apoio técnico da  ABAFAVI para formular uma base curricular de ensino de um curso técnico voltado à formação musical dos alunos. O curso teria 1.200 horas para serem cumpridas nos três anos.

Durante a reunião, o corpo técnico da secretaria apontou duas possibilidades. Oferecer o curso técnico aos alunos do ensino médio, dentro da estratégia do Novo Ensino Médio  que está em  fase de implementação em 120 escolas da rede estadual e que engloba ensino técnico profissional,  ou oferecer a opção para os  alunos que já tiverem concluído o ensino médio.

“Demos um passo importante para que esse projeto se torne realidade. A música tem um poder transformador,  é uma atividade socioeducativa, de integração e de conhecimento. Talentos serão descobertos e formaremos profissionais para atuar no mercado de trabalho da música.  Muitos alunos que serão formados nesse curso serão professores qualificados para atuar nas próprias escolas”, defendeu  Dr. Vicente.

Secretaria aposta na música

A criação do curso técnico em Regência Musical se somaria a outra iniciativa da secretaria, que está adquirindo mais de 100 instrumentos musicais para oferecer às escolas que aderirem  a um dos dez projetos musicais que o órgão irá oferecer no próximo ano, como formação de coral, banda marcial, fanfarra e orquestra. Há 10 anos o estado não fazia aquisição de instrumentos musicais.  “São investimentos e ações que irão trazer resultados na qualidade da educação catarinense”, pontuou o secretário.

Assessoria de Imprensa/Deputado Estadual Dr. Vicente Caropreso

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

ENTREVISTA | Terapeuta e Iridólogo Felipe da Silva, fala de seus atendimentos em Orleans

O Consultório de Terapia Holística no centro comercial Zomer & Berger no centro de Orleans, tem recebido muitos clientes da cidade e de fora...

MEC publica edital para 50 mil vagas remanescentes do Fies

Está publicado no Diário Oficial da União desta terça-feira, 29, o edital do processo de inscrição para cerca de 50 mil vagas remanescentes do Fundo de Financiamento...

IMBITUBA | Após denúncias, Procon fiscaliza supermercados e atacadista para coibir aumento abusivo

Em meio a pandemia do novo coronavírus e, por conta de inúmeras denúncias feitas por moradores de Imbituba, a diretoria do Procon municipal realizou,...

Presidente Bolsonaro sanciona lei que aumenta punição a maus-tratos a animais

BRASÍLIA - Em cerimônia com a presença de cachorros no Palácio do Planalto, o presidente Jair Bolsonaro sancionou nesta terça-feira, 29, o projeto de lei que aumenta...