Santa Catarina lidera os estados com maior índice de longevos no país

Santa Catarina é o estado mais longevo do Brasil. A expectativa de vida nessa região se aproxima dos 80 anos de idade. No caso das mulheres, que vivem mais que os homens, o parâmetro chega em 83 anos.

É o que indicam as últimas pesquisas divulgadas pelo IBGE – Instituo Brasileiro de Geografia e Estatística recentemente.

“Este número coloca as mulheres catarinenses num patamar de longevidade próximo de Espanha e Japão, países campeões de longevidade”, afirma o professor e pesquisador Alexandre Correa Lima.

Ele, que viaja o mundo para fundamentar suas pesquisas, menciona que este é o resultado de um conjunto de fatores combinados e que podem ser as principais causas desse resultado.

“É provável que elementos como desenvolvimento econômico, IDH e qualidade de vida estejam associados ao fator longevidade. Não é a toa que a longevidade na Europa, um dos continentes mais desenvolvidos e socialmente mais equilibrados, é muito maior que em continentes como a África que possuem indicadores sociais e econômicos mais frágeis”, explica Correa Lima.

Para o pesquisador, não se pode desconsiderar também o fator genético, já que nesta região, grande parte da população é descendente de europeus.

Dados publicados pelo Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento – PNUD, apontam que o estado de Santa Catarina ocupa há muito tempo os primeiros lugares no ranking de desenvolvimento humano do país.

Nesta pesquisa são avaliados 28 indicadores para cada uma das nove áreas analisadas. Santa Catarina ocupa o primeiro lugar no ranking saúde, desenvolvimento econômico e desenvolvimento social.

“Tais dados reforçam nossas pesquisas de que o Brasil, como um todo, ainda não está preparado e equilibrado para atender as necessidades dos longevos, fatia cada vez maior da sociedade brasileira”, enfatiza Alexandre Correa.

Expectativa de vida chega aos 76 anos – Os dados gerais do IBGE apontam que, no total, a expectativa média de vida do brasileiro cresceu 3 meses. Esse número não é pouco, e, segundo Alexandre, precisa ser considerado com profundidade.

“A expectativa média do brasileiro agora é de 76,3 anos de idade. Isso significa que, na média, o brasileiro vive acima dos 76 anos e representa um total de 3 meses no intervalo de 12. É como se a cada 4 meses de vida ganhássemos mais um mês de expectativa de vida, e isso é bem expressivo”, comenta.

Alexandre Correa Lima, que já publicou um livro sobre pesquisa de opinião pública pela editora Novatec, se prepara para o lançamento de mais um livro, onde discute o que chama de Revolução Prateada, um fenômeno global que vai impactar profundamente o modo como vivemos e pensamos o futuro.

Nesse sentido, provoca a discussão de que empresas, governo e sociedade devem se atentar para os desafios deste novo momento, especialmente o mercado de mercado de trabalho.

No site www.revolucaoprateada.com.br é possível conferir outros conteúdos sobre o assunto, fruto das pesquisas e estudos de Alexandre Correa Lima.

Informações para a Imprensa:
ALEXANDRE CORREA é Palestrante corporativo e CEO da MIND PESQUISAS. Pós-graduado em Administração de Marketing, possui um Master em Comunicação Empresarial (MBC) e cursou a Escola Avançada de Pesquisa de Mercado na University of Georgia (Atlanta/EUA).Ainda jovem, renunciou à diversos “empregos dos sonhos” para se dedicar às suas paixões: a comunicação, os processos criativos e o estudo dos comportamentos e das tendências de mercado que impactarão empresas, profissionais e sociedade.Possui mais de duas décadas de experiência em projetos criativos de comunicação, tendo atendido empresas de todo o Brasil, sendo ganhador de diversos concursos de criatividade e festivais de publicidade.

Escreve para jornais e revistas de todo o país e é constantemente entrevistado sobre temas de sua área de atuação.

Ao longo de sua trajetória foi responsável pela condução e análise de milhares de pesquisas de mercado, de satisfação de clientes e colaboradores, sendo hoje um dos maiores especialistas do Brasil nesse tema.  É autor do livro “Pesquisas de Opinião Pública” (Novatec) lançado em 2017. Deve lançar seu segundo livro, sobre a Revolução da Longevidade no início de 2020.

Um dos palestrantes destacados pela revista T&D, referência em RH, que apresentou os destaques do mercado de palestras.

É Professor da FGV e palestrante dos temas de inovação, criatividade, futuro e tendências, atuando ainda em palestras inspiracionais e transformacionais para empresas que querem e merecem mais.

Em setembro deste ano foi um dos 9 escolhidos, entre pesquisadores e palestrantes de todo o Brasil para participar do TEDx UnisVarginha, evento desdobramento do mundialmente conhecido TED. Na ocasião, apresentou e discutiu os o tema disrupção, inovação e os novos parâmetros da pirâmide populacional.

SAP Comunica- Soluções em Comunicação e Marketing – Jornalista Responsável – Flávia Gabriela Freitas

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

O seu horóscopo exclusivo em um Clic

O CAMINHO DOS ASTROS 51 A vida é um coletivo Urano teve vários filhos, como detestava a todos, mantinha-os presos no interior de Gaia, a Terra....

Mundo | Taj Mahal recebe 1ºs visitantes em meio a aumento de casos

A Índia reabriu o Taj Mahal após seis meses nesta segunda-feira, com os primeiros visitantes entrando no famoso monumento enquanto as autoridades relatavam 86.961 novas infecções por coronavírus em todo...

Freiras brasileiras são sequestradas por terroristas em Moçambique

Duas freiras brasileiras foram feitas reféns por 24 dias por extremistas islâmicos em Moçambique, na África. Ambas já foram liberadas, mas em estado de...

Pescaria Brava | Pacientes crônicos serão testados

Após os mais de 1,5 mil idosos acima de 60 anos de Pescaria Brava serem testados para o novo coronavírus, a secretaria de Saúde...