Santa Catarina integrará fórum sobre gás natural do CODESUL

Responsáveis atualmente pela distribuição de mais de seis milhões de metros cúbicos diários de gás natural canalizado, quatro Estados da Federação – Santa Catarina, Paraná, Rio Grande do Sul e Mato Grosso do Sul – anunciam a criação do Fórum Permanente do Gás no CODESUL (Conselho de Desenvolvimento e Integração Sul). A medida tem como objetivo construir agenda anual de trabalho, que será oficializada amanhã (28) durante reunião em Foz do Iguaçu (PR) envolvendo as distribuidoras de gás natural dos quatro Estados – SCGÁS (Companhia de Gás de Santa Catarina), Compagás (Companhia Paranaense de Gás), Sulgás (Companhia de Gás do Estado do Rio Grande do Sul) e MSGÁS (Companhia de Gás do Mato Grosso do Sul).

“O Fórum será um instrumento para discussão em nível regional de todos os assuntos de interesse do setor. Estamos muito focados junto com as companhias de gás para criar um grupo de trabalho e estudos e, em conjunto, facilitar e ampliar as relações negociais de forma integrada. Nessa reunião em Foz, nossa intenção é traçar estratégias de desenvolvimento e de organização para o setor na nossa região. Vamos buscar criar modalidades diferentes de atuações e, até mesmo, acordos para a compra e importação do gás”, antecipa Wilson Quinteiro, secretário do CODESUL Paraná, acrescentando que a reunião contará com a participação da Associação Brasileira das Empresas Distribuidoras de Gás Canalizado (Abegás) e do BRDE (Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul).

“A ideia é trabalhar de forma articulada com todas as entidades e empresas do segmento, com convergência e alinhamento em temas fundamentais, como atrair e subsidiar atuação parlamentar em benefício da região, assim como a participação privada nacional e internacional em programas benéficos ao setor”, explica Rafael Lamastra, diretor-presidente da Compagás e conselheiro da Abegás.

Entre os principais tópicos que são de interesse comum dos Estados estão projetos estruturantes para o desenvolvimento regional e diversificação da matriz energética; gargalos na infraestrutura do setor; regulação; concessão; financiamentos, investimentos e captações; meio ambiente; e inovação do setor de gás. Com um sistema rotativo de comando, o CODESUL designou ao Paraná a presidência do Conselho a partir do mês de abril.

Também participarão da reunião o Presidente Executivo da Abegás, Augusto Salomón, o Diretor de Estratégia e Mercado da Abegás, Marcelo Mendonça, o Diretor de Operações do BRDE, Wilson Bley Lipski, o Presidente da SCGÁS, Willian Anderson Lehmkuhl, o Diretor Administrativo e Financeiro da MSGÁS, Rui Pires dos Santos, e o Gerente de Planejamento de Mercado da Sulgás, Charles de Souza Netto.

Assessoria de Comunicação – SCGÁS

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Funerária Zapelini informa o falecimento da Sra. Tereza Mattei Lourenço

Faleceu hoje dia (23) a 1h45 da madrugada no hospital Santa Otília aos 77 anos a senhora Tereza Mattei Lourenço, deixa 3 irmãos e...

Lauro Müller | Secretaria da Educação inicia ações para o possível retorno das aulas presenciais

A Secretaria da Educação de Lauro Müller apresentou aos gestores escolares municipais a formação do Comitê Municipal de Gerenciamento da Pandemia de Covid-19 e...

Mundo | Liberdade religiosa a cristãos é tratada em Assembleia da ONU

"Presidente brasileiro faz um apelo à comunidade internacional pela liberdade religiosa" Em seu discurso na Assembleia Geral da ONU no dia 22, o presidente Jair...

Cocal do Sul | Prefeitura altera data do leilão virtual para dia 13 de outubro

A prefeitura de Cocal do Sul alterou a data do leilão virtual que faria no dia 25 de setembro. A nova data será dia...