InícioNotíciasSanta Catarina gerou mais de 11 mil empregos formais em março, afirma...

Santa Catarina gerou mais de 11 mil empregos formais em março, afirma Ministério do Trabalho e Emprego

Santa Catarina gerou 11.885 mil empregos formais em março de 2023. Os dados são do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), vinculado ao Ministério do Trabalho e Emprego, e foram divulgados na quinta-feira (27). Este número representa o movimento da geração de empregos formais – número de contratações menos o de demissões.

Foram registradas ao todo 147.369 contratações e 135.511 demissões em março no Estado. Este resultado representa uma alta de 65,62% em relação a março do ano passado, quando foram criados 7.176 empregos.

Os dados do Caged consideram apenas os trabalhadores com carteira assinada, ou seja, não incluem os trabalhadores informais. Por isso, esses números não são comparáveis com os de desemprego divulgados na Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad), do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Dos cinco setores da economia que foram analisados, quatro criaram vagas no último mês. O setor de serviços teve a criação de 5.740 empregos; indústria, 2.806; construção, 2.346 e comércio, 1.940, enquanto o setor agropecuário teve queda de 947 postos formais.

Com relação ao primeiro trimestre do ano, Santa Catarina teve o terceiro melhor resultado do país, com 48.471 novos empregos, ficando atrás apenas dos estados de São Paulo e Minas Gerais.

A Federação de Consórcios, Associações de Municípios e Municípios de Santa Catarina (FECAM) desenvolveu uma plataforma para facilitar o acesso aos dados do Novo Caged pelos municípios e associações de Santa Catarina. É possível visualizar as informações por região, por município, associação e período de tempo. O painel com todos os dados está disponível no site da FECAM e é de livre consulta, basta clicar aqui.

Fecam