Saiba quantas doses da vacina cada cidade de SC vai receber

Começou na manhã desta terça-feira (19) o envio das doses da vacina contra a Covid-19 aos municípios catarinenses. A distribuição começou às 6h30 da manhã, de forma terrestre e aérea, para as 17 gerências regionais de saúde.

O quantitativo de vacinas para cada região foi definido pela Secretaria de Estado da Saúde, após reunião da Comissão Intergestores Bipartite, na noite desta segunda-feira (18). O encontro, que ocorreu de forma online, contou com a participação de representantes de todos os municípios catarinenses.

Foi definido que 71.040 doses serão destinadas às regionais da saúde. Neste primeiro momento serão enviadas apenas a primeira dose da vacina. A segunda, para completar a imunização, será encaminhada aos municípios no dia 1º de fevereiro.

Devido à quantidade, a SES definiu os grupos prioritários que receberão as doses na primeira fase do Plano de Vacinação.

Serão 6.026 pessoas com mais de 60 anos e que vivem em instituições de longa permanência, 263 pessoas a partir de 18 anos com deficiência e que vivem em residências inclusivas, 7.710 indígenas acima de 18 anos de idade e que vivem em aldeias, e 54.385 trabalhadores da saúde.

O número de doses disponíveis para este último grupo equivale a pouco mais de 30% da força de trabalho em saúde de Santa Catarina. Por isso, a prioridade será:

  • Profissionais que atuam nas UTIs Covid-19;
  • Profissionais que atuam nas Emergências Covid-19;
  • Profissionais que atuam no atendimento clínico hospitalar Covid-19;
  • Profissionais do Samu;
  • Trabalhadores das Instituições de Longa Permanência de Idosos e de Residências Inclusivas (Serviço de Acolhimento Insti tucional em Residência Inclusiva para jovens e adultos com deficiência);
  • Equipes de vacinação que estiverem diretamente envolvidas na vacinação dos grupos elencados para esta etapa.

A secretaria afirma, ainda, que todos os trabalhadores da saúde serão vacinados, mas que a ampliação da cobertura será de forma gradativa, conforme a disponibilidade da vacina.

“É importante informar a população que nessa primeira etapa as secretarias municipais de saúde deverão priorizar a vacinação dos profissionais de saúde da linha de frente ao enfrentamento a Covid-19, além da população mais vulnerável que se encontra em instituições de longa permanência e nas aldeias indígenas com a finalidade de se prevenir a ocorrência de surtos nessas áreas. Com a chegada de mais doses, outros grupos serão incorporados. Portanto, ainda é cedo para que as pessoas procurem os postos de vacinação para serem vacinadas contra a Covid”, explica o Superintende de Vigilância em Saúde da SES, Eduardo Macário.

Região de Florianópolis receberá o maior número

A região de Florianópolis será a que receberá o maior número de doses neste primeiro momento: 15 mil, que compreende 22 municípios. Em seguida estão as gerências de Joinville e Blumenau – 7.440 e 6.520, respectivamente.

Ainda segundo a Dive/SC (Diretoria de Vigilância Epidemiológica), a soma foi feita de forma proporcional para que todos recebessem na primeira etapa as doses necessárias.

A primeira remessa das doses saiu para o Oeste, por via aérea. O voo ocorreu por volta das 6h da manhã. A expectativa é de que, às 13h, todas as regionais tenham recebido a vacina.

Veja quantas doses cada cidade irá receber.

NDMais
Foto: Ricardo Wolffenbuttel

ÚLTIMAS NOTÍCIAS