Região tem queda em doentes na UTI

O número de pacientes que precisam de UTI devido a complicações da covid-19 tem caído na região. Em Imbituba, por exemplo, no Hospital São Camilo, não havia internados no setor especializado. Um vídeo circulou nas redes sociais mostrando todos os leitos do espaço vazios.

Diante da situação, o prefeito de Imbituba, Rosenvaldo da Silva Júnior, anunciou que a unidade seguirá funcionando, mesmo depois do fim da pandemia. A intenção da Secretaria de Estado da Saúde é ter, no município, uma UTI geral que possa atender a região.

Hoje, o Hospital São Camilo tem disponível dez leitos de UTI covid-19. Em setembro, a UTI completa um ano de funcionamento.

“Para o hospital e para o município de Imbituba é um ganho na área da saúde, porque, com a permanência da UTI, vai melhorar a oferta de serviços, trazendo novos profissionais para trabalhar no hospital, oferecendo à população, de um modo geral, serviços de média e alta complexidade”, ressaltou a diretora do Hospital São Camilo, Luciene Meurer.

Ainda na região, ontem, o Hospital Bom Jesus, de Laguna, contava com apenas um paciente na UTI da unidade. Já o Hospital Nossa Senhora da Conceição (HNSC), de Tubarão, contabilizava oito pacientes no setor especializado.

Com informações do DS

Erro, não existe o grupo! Verifique sua sintaxe! (ID: 4)
Erro, não existe o grupo! Verifique sua sintaxe! (ID: 5)

ÚLTIMAS NOTÍCIAS