Redução de jornada e salário poderá ter prazo ampliado em mais 60 dias

O governo avalia prorrogar o período máximo de redução de jornada e salários ou suspensão de contratos de trabalhadores com carteira assinada.

O prazo adicional ainda não está fechado porque a medida depende de espaço no Orçamento para bancar os benefícios como compensação aos atingidos, mas uma das possibilidades em estudo é estender o limite em mais 60 dias, segundo apurou o Estadão/Broadcast (sistema de notícias em tempo real do Grupo Estado).

Caso a área econômica decida por esse caminho, representaria uma prorrogação na mesma proporção de tempo do auxílio emergencial de R$ 600 pago para a informais e desempregados – que já tem o sinal verde do ministro da Economia, Paulo Guedes para vigorar por mais dois meses, embora com valor menor, de R$ 300.

Idiana Tomazelli e Daniel Weterman/ Brasília

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Castelo de Karlstjen, Boêmia Central na República Tcheca encantando viajantes e visitantes

A busca pelo gótico tcheco levará o viajante a uma serie de castelos. O rei de todos será o Castelo de Karlštejn, no qual...

Sampa Jazz Fest 2020 tem show de Anna Setton, ao vivo para todo o Brasil, hoje, 24 de outubro

"Quarta edição do festival será online e gratuita, com shows também de Bixiga 70 com Tulipa Ruiz e Salomão Soares com Vanessa Moreno". Neste sábado,...

Segundo a FECAM, retorno presencial às salas de aula deve ser gradual e escalonado

"Uma série de regras sanitárias devem ser cumpridas antes de todos os estudantes retornarem presencialmente às salas de aula em SC, a exemplo de...

Unisul lança curso gratuito de Gestão do Tempo

"Programa de curta duração terá como foco auxiliar jovens no gerenciamento de atividades da vida academia e profissional".     Durante a vida universitária é comum...