Rádio Transamérica lança Campanha Nacional com foco em proteção de animais abandonados

A Rádio Transamérica começa a veicular em rede nacional uma grande campanha institucional de responsabilidade social focada na proteção de animais abandonados no Brasil. Intitulada “Transamérica Companheiro Animal”, a ação será transmitida em todas as emissoras da rede de rádio no país, principalmente durante a temporada de férias de Verão.

“Intitulada “Transamérica Companheiro Animal”, a ação de responsabilidade social tem entre seus objetivos conscientizar a população sobre o problema de abandono de animais no País”

De forma instrutiva, sensível e motivadora, a campanha aborda importantes temas, como a conscientização sobre o problema do abandono de animais, possibilidades de adoção, castração de cães e gatos, ou até mesmo como essa questão vulnerável tem sido tratada na Europa. A iniciativa conta com spots que serão veiculados ao longo de toda a programação da Transamérica.

Segundo dados da Organização Mundial de Saúde (OMS), há mais de 30 milhões de animais em situação de abandono Brasil. Sabe-se, no entanto, que apesar de ser em menor número, também há outros tipos de animais deixados de lado por seus tutores, como aves, répteis e até cavalos. De acordo com informações de Organizações não Governamentais (ONGs) voltadas à proteção animal, o período de férias de Verão é o que registra maior quantidade de abandono de animais em nosso país.

Idealizada por Luiz Augusto Alper, gerente artístico da Rede Transamérica de Comunicação, a campanha é muito importante para que se revertam as estatísticas relativas ao abandono de animais no Brasil. “Como veículo de comunicação, também temos responsabilidades sociais e o drama dos animais de rua enfrentado pelo Brasil, hoje no ranking dos países com maior população de animais abandonados, é a grande motivação dessa campanha”, afirma o executivo. “Não existe animal de rua, pois se existe esse termo é porque ele foi descartado por seus tutores, o que é uma questão diretamente relacionada às responsabilidades do ser humano”, completa Alper.

Além de ser uma crueldade, os casos de abandono de animais também é um problema grave para o país, não somente pelos danos que causam ao bem-estar animal, mas à saúde pública, à economia e à ecologia. Em situação vulnerável, esses animais frequentemente são vítimas de fome, desnutrição, doenças, parasitas, envenenamento e violência, entre diversas outras formas de abuso.

Casa do Bom Conteúdo:

Eduardo Filho – (11) 3097-9462 / 9.8947-7546

eduardo@casadobomconteudo.com.br

Marcelo Affini – (11) 3031-0670 / 9.9938-5445

affini@casadobomconteudo.com.br

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Busto de Humberto Rohden no campo Santo de São Ludgero…defendia a conexão do ser humano com a consciência coletiva do universo

Educador, Teólogo, Filósofo, Humanista autor de 65 livros, natural de São Ludgero. Nasceu em 31/12/1893 e faleceu em São Paulo no dia 07 de...

Polícia Civil indicia mãe por crime de tortura-castigo em Criciúma

A Polícia Civil, por meio da Delegacia de Proteção à Criança, ao Adolescente, à Mulher e ao Idoso (DPCAMI) de Criciúma concluiu um inquérito...

Funerária Zapelini informa o falecimento do Sr. Tobias Rezin

Faleceu hoje dia (6) ás 16:00 aos 75 anos no hospital Santa Otília de Orleans o senhor Tobias Rezin, deixa esposa, 3 filhos e...

Contestação do auxílio emergencial negado pode ser feita via Dataprev

Quem teve o auxílio emergencial negado, agora tem um novo canal para contestar a análise do pedido. Agora a contestação também poderá ser feita...