Radares do trecho sul da BR-101 não têm previsão para início da fiscalização

Quem percorre o trecho sul da BR-101, em Santa Catarina, com pouco mais de 220 quilômetros, repara dezenas de radares de velocidade entre vias principais e marginais. O detalhe é que a maior parte dos aparelhos não está em funcionamento.

Sob responsabilidade da CCR Via Costeira, o trecho conta com 42 controladores de velocidade fixos, mas, eles estão “disfarçados” em meio a sacolas pretas que indicam a recente implantação e evidenciam que não estão funcionando. A distribuição do monitoramento e do número de aparelhos instalados consta em contrato assinado pela concessionária e a Agência Nacional dos Transportes Terrestres.

A empresa, por meio de nota, informou que o único papel da concessionária é a instalação dos equipamentos, porém, a liberação fica a cargo da ANTT e PRF, que é o órgão responsável por emitir o auto de infração. Além disso, ainda é preciso que o Imetro-SC faça a aferição dos aparelhos, para que comecem a funcionar.

EXTRA.SC

Foto: Divulgação EXTRA .SC

Erro, não existe o grupo! Verifique sua sintaxe! (ID: 4)
Erro, não existe o grupo! Verifique sua sintaxe! (ID: 5)

ÚLTIMAS NOTÍCIAS