PUCRS abre inscrições para vestibular online e prioriza nota do Enem

De 07 a 31 de maio estão abertas as inscrições para o Vestibular da PUCRS, desta vez, totalmente online. Para manter a segurança dos candidatos e respeitar a quarentena, a Universidade ampliou o acesso via ENEM e vai realizar prova agendada online. Mesmo sem a definição, por parte do Governo do Estado, do retorno das aulas presenciais, a instituição mantém as aulas e confirma o ingresso para o segundo semestre

À medida que a Covid-19 avança no País e desafia infraestruturas, economia e, sobretudo, a saúde de todas as pessoas, de forma urgente e necessária, a PUCRS mantém seu DNA de acompanhar as transformações do mundo e se adapta a uma nova era.

“Com pesquisadores, professores, colaboradores e comunidade acadêmica em ação para ofertar soluções em diversas áreas do conhecimento e mercado, reforçamos nosso compromisso de servir à sociedade e garantir de uma formação de qualidade mesmo em um período de tantas incertezas”, afirma o reitor da PUCRS, irmão Evilázio Teixeira.

Além de atender aos protocolos de segurança indicados pelos órgãos oficiais de saúde, por causa do coronavírus, o formato do processo seletivo escolhido visa facilitar o acesso e também os planos de estudo e desenvolvimento pessoal dos candidatos.

Modalidades de ingresso

A nota do ENEM de 2011 a 2019 pode ser utilizada e, o requisito para concorrer a uma vaga, é ter atingido pelo menos 400 pontos no exame. Além disso, o estudante pode solicitar o agendamento para fazer a prova online ou, caso seja do seu interesse, fazer a prova presencial com as devidas medidas de segurança. As inscrições podem ser feitas pelo site: www.pucrs.br/estudenapucrs/vestibular/.

A prova online será aplicada por meio de uma plataforma de edição de texto com acompanhamento por vídeo síncrono. Para isso, é necessário que o estudante esteja com equipamento de câmera e áudio disponíveis para receber as informações e explicações.

A Universidade também já está com processos abertos para solicitações de transferência, ingresso diplomado, para quem deseja cursar uma segunda graduação, e também reingresso. Assim como nas outras modalidades, o processo é totalmente online. Alunos de transferência e ingresso de diplomado recebem isenção na matrícula e começam a pagar apenas em agosto. Além disso, a PUCRS oferece possibilidades de créditos educativos, financiamentos e bolsas, que facilitam o acesso.

Os resultados da seleção serão divulgados no dia 04 de junho e as matrículas iniciam no dia 08 do mesmo mês.  Em caso de dúvidas, entre em contato pelo WhatsApp, através dos números (51) 99871-2972 e (51) 2101-0110, ou pelo e-mail atendimento@pucrs.br.

Para quem busca suporte para lidar com os desafios impostos pelo cenário atual

“O mercado não será mais o mesmo após a pandemia e a partir de agora precisamos pensar quais são as oportunidades e os desafios que este cenário oferta. Estamos vivenciando o medo de uma retração, mas também estamos vivenciando novos aprendizados. Empresas tradicionais estão experimentando o home office, profissionais precisaram se reinventar, digitalizar os seus negócios, aprender novas habilidades ou potencializar as que já tinham para sair deste período com um saldo positivo”, ressalta a psicóloga Ana Cecília Santiago Petersen, consultora do PUC Carreiras, um elo entre a universidade e o mercado de trabalho.

Para apoiar os estudantes na tomada de decisões sobre a escolha profissional e desenvolvimento da carreira, ela ressalta que a universidade segue com um sólido trabalho de assessoramento de carreira. Além disso, neste momento em que os empregos estão escassos por causa da pandemia e os negócios precisam se reinventar, o modelo de mentoria completo oferecido para quem quer empreender também acaba sendo um diferencial.

“O jovem que tinha planos para seu autodesenvolvimento deve agora se questionar: quais novas habilidades eu posso desenvolver? Quais eu posso potencializar? O grande diferencial da PUCRS são as pessoas, professores e toda a comunidade acadêmica que está na linha de frente para fornecer conhecimento técnico e bagagem de mercado a quem chega. A mentoria para empreender começa quando o estudante põe os pés na universidade e pode evoluir para estratégias mais robustas como incubação no Parque Científico e Tecnológico da PUCRS”, comenta Ana.

Ela sugere que conversar com um coordenador de curso para compreender quais são os movimentos do mercado, as tendências, as perspectivas para a profissão escolhida e, até sobre as angústias no momento, pode ajudar na tomada de decisões sobre o futuro. Ana conta que no acompanhamento de seus assessorados tem percebido o desenvolvimento de habilidades técnicas e comportamentais – como disciplina, senso de proatividade, organização, habilidade para usar diferentes ferramentas tecnológicas, versatilidade no aprendizado e flexibilidade -, que vão fazer diferença não apenas no mercado de trabalho, mas também na vida pessoal. “Mesmo neste momento estamos conseguindo garantir uma formação integral que tenha conexão com o propósito de carreira e de vida”, destaca.

O professor Júlio César Bicca-Marques, coordenador de Iniciação Científica, reforça que além de orientação para o mercado, os estudantes da PUCRS também podem construir uma trajetória na pesquisa desde cedo e encontrar nos professores uma espécie de conselheiro. “A possibilidade de iniciar uma trajetória na pesquisa por si só já é uma grande bagagem para a vida. Estar dentro de um laboratório com pesquisadores renomados na sua área, contar com uma bolsa de estudos para criar conhecimento, são experiências que instigam o pensamento crítico, a escrita, a facilidade de se relacionar, entre outras habilidades. Hoje temos mais de 600 alunos bolsistas de iniciação científica envolvidos em pesquisas de todas as áreas. Nossos professores têm o perfil de abrir caminhos para formar grandes pesquisadores”.

Vale destacar que neste momento a PUCRS tem mais de 50 profissionais e pesquisadores – incluindo docentes da Escola de Medicina, Escola de Ciências da Saúde e da Vida, Escola de Humanidades, Escola Politécnica, Instituto do Cérebro do RS (InsCer), Parque Científico e Tecnológico (Tecnopuc) e do Hospital São Lucas -, mobilizados em uma força-tarefa para promover um apurado posicionamento técnico e científico frente a todas as incertezas relacionadas à pandemia do novo Coronavírus (Covid-19).

Acessibilidade e desenvolvimento para todas as pessoa

Para manter a qualidade das aulas da PUCRS, toda a equipe de professores(as) e técnicos(as) adaptou as atividades e os serviços em plataformas online. A professora doutora Gabriela Kurtz ministra aulas nos cursos de Publicidade e Propaganda e Gastronomia e é um exemplo interessante de como os docentes estão dedicados em manter o vínculo e o interesse dos alunos com as aulas remotas: “É muito importante neste momento saber dosar o nível de exigência, saber entender os momentos pelos quais os alunos estão passando para adaptar as aulas. Eu tento fazer com que eles estejam o mais próximo possível da rotina que tinham antes. Todas as minhas aulas são ao vivo, online, no horário que eles teriam essa aula normalmente. Isso gera um efeito muito bom porque eles sentem que têm uma rotina para cumprir, faz com que se mantenham ligados no mundo”, compartilha.

Ao mesmo tempo que utiliza diversos recursos tecnológicos, ela tem a preocupação de contemplar a todos, dos que não têm acessibilidade à tecnologia aos que têm

necessidades específicas, como a surdez. “Eu gravo todas as aulas ao vivo e depois de uma hora disponibilizo no sistema que utilizamos, o Moodle, mas ao mesmo tempo deixo preparado um roteiro por escrito. Minha estratégia tem sido oferecer a melhor experiência possível para quem tem os recursos, mas também adaptar a experiência pensando em todos”, conta.

Ela destaca que manter um canal de diálogo aberto, escuta à disposição e flexibilidade estão ajudando a manter o vínculo com os alunos. “Tenho tido uma frequência muito boa, quase todos os alunos online ao mesmo tempo e com a clareza de que estamos aprendendo com essa situação delicada que é de estresse, de ansiedade, mas que vamos passar por isso juntos e da melhor maneira possível”, completa.

A aluna Rafaela Ribeiro, que cursa o 5° semestre de Publicidade e Propaganda, conta que está sendo um período bem adverso, mas que tem conseguido realizar as atividades acadêmicas porque tem o hábito de organizar os conteúdos. Ela ingressou na PUCRS via Prouni e aos que estão no momento de decidir sobre o curso e a universidade em que vão estudar, recomenda: “Tudo é possível. Muitas pessoas não acreditam que vão conseguir passar com a nota do ENEM porque é uma prova muito injusta com alunos da Rede Pública, mas a gente precisa ter confiança na nossa capacidade e determinação para conquistar os espaços que queremos ocupar”.

Ela conta que quando decidiu o que queria cursar, começou a procurar mais sobre as instituições, observar a grade curricular e avaliação do curso. Na Famecos encontrou uma graduação alinhada com os objetivos que tinha, orientação para seguir e um elo forte com o mercado de trabalho. “Em todos os estágios que fiz, metade do time era composto por alunos da PUCRS, independente da área de atuação. O período universitário é muito importante para o nosso crescimento, então conviver com diferentes visões colabora muito para isso. É importante ter os pés no chão e ter confiança na nossa capacidade e determinação para conquistar os objetivos”, finaliza.

Além de bolsas de estudo integrais e parciais, a PUCRS oferta a possibilidade de aderir ao crédito educativo próprio, em que o estudante paga 50% durante o curso e 50% depois de formado. Informações sobre outras possibilidades, confira aqui.

Fernanda Dreier  – Assessoria de Comunicação e Marketing

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Polícia Militar apreende cerca de 250 quilos de cocaína em Navegantes

Na madrugada de quarta-feira (16), por volta das 2h, policiais militares de Navegantes e Itajaí prenderam três homens por tráfico de drogas e associação...

PMSC lança campanha “Doe carinho, doe um brinquedo”

Neste mês de setembro, a Polícia Militar de Santa Catarina (PMSC) iniciou a campanha de arrecadação de brinquedos que serão destinados à instituições de...

MEC promete protocolo e R$ 525 milhões para retorno às aulas presenciais

BRASÍLIA – O ministro da Educação, Milton Ribeiro, disse nesta quinta-feira, 17, que a pasta irá distribuir R$ 525 milhões a escolas para preparar o...

Funerária Zapelini informa o falecimento do Sr. José Carlos Mattos

Faleceu hoje dia (18) ás 4:15  no hospital Santa Otília de Orleans aos 56 anos o senhor José Carlos Mattos, deixa esposa, 3 filhos...