Projeto ensina Agricultura Urbana para pessoas em situação de rua

Idealizado e desenvolvido pela Arcah, instituição que trabalha pela reintegração de pessoas em situação de rua, o projeto Horta Social Urbana desde 2018 utiliza o plantio de alimentos orgânicos e o desenvolvimento de hortas na cidade de São Paulo como meio para essa promoção de capacitação, autonomia e principalmente renda para tais populações. E após quinze semanas de aulas práticas e teóricas, uma nova turma foi concluída no último dia 2, formando assim 10 novos profissionais do plantio agroecológico, das ruas para as hortas.

Além da capacitação profissional direta em Agricultura Urbana Agroecológica, o projeto também oferece oficinas de saúde e pelo desenvolvimento de habilidades socioemocionais – a fim de melhor trabalhar a relação com o mercado de trabalho, o emprego, e estimulando a retomada eventual dos estudos e mais.

pandemia fez com que o número de participantes na turma fosse agora reduzido, mas nem por isso a alegria dos formandos foi menor – trata-se, afinal, de um caminho para não só retomar a saúde financeira e social, mas também recriar o futuro de tais vidas.

A última turma concluída foi formada majoritariamente por mulheres, residentes do Centro de Acolhida Especial Mulheres Santo Amaro, com idades entre 25 e 60 anos. O projeto Horta Social Urbana já recebeu mais de 300 pessoas em seus cursos, e após a conclusão das aulas a Arcah auxilia os educandos na tentativa de reingressarem no mercado de trabalho, especialmente através das hortas urbanas, criadas em espaços ociosos na cidade de São Paulo.

Vitor Paiva : Redação Hypeness

© fotos: divulgação

ÚLTIMAS NOTÍCIAS