Projeto destina recursos para equipamentos de informática e acesso à internet para alunos da rede pública de ensino

A ampliação do acesso à educação a distância pode ter um novo panorama com o Projeto de Lei Complementar 230/20, de autoria do deputado federal Reginaldo Lopes (PT-MG). A proposta prevê o uso de recursos do Fundo de Universalização dos Serviços de Telecomunicações (Fust) para compra de equipamentos de informática e acesso à internet para alunos carentes da rede pública de ensino.

O objetivo é promover o amplo acesso ao ensino a distância por esses estudantes durante a suspensão das atividades escolares presenciais em função da pandemia de Covid-19. Segundo o auto da proposta, há um abismo no que se refere ao acesso à internet e a equipamentos de informática capazes de promover educação a distância para alunos do ensino público.

Reportagem/Thiago Marcolini

Fonte: Brasil 61

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Para evitar aglomeração, 16ª Caminhada do Coração será realizada de forma especial

"Entre os dias 21 e 28 de setembro, o Hospital Cardiológico Costantini convida a população a caminhar, seguindo as recomendações de distanciamento social das...

Santa Catarina | Recicla mais de 45 mil toneladas de resíduos de peixes ao ano

A indústria da pesca representa uma importante parcela da economia catarinense. De acordo com dados da Secretaria de Estado da Agricultura, da Pesca e...

Desenvolvimento de pesquisas sobre mercúrio são tema central de projeto entre Satc e Copel

Pesquisadores da Satc e da Copel Geração e Transmissão, subsidiária da Companhia Paranaense de Energia, estão iniciando os estudos para avaliar as emissões de...

Fundador da Duty Free doa toda a sua fortuna; mais de 8 bilhões de dólares

O bilionário Charles "Chuck" Feeney, de 89 anos, cumpriu um sonho inusitado: doou, ainda em vida, 8 bilhões de dólares (cerca de R$ 42...