InícioNotícias do Sul de SCProjeto Avise: 2º eixo usa contação de história e fitinha de proteção...

Projeto Avise: 2º eixo usa contação de história e fitinha de proteção para conscientizar crianças

Visando garantir o direito e proteção de crianças e adolescentes urussanguenses, o Centro de Referência Especializado de Assistência Social (CREAS), lançou nesta quarta-feira (13), o 2º eixo do Projeto Avise. A ação teve como ponto de partida, estudantes do 1º ao 5º ano da Escola Municipal Lydio De Brida, e tem como foco, ações de conscientização, prevenção e combate a violência e exploração sexual infantojuvenil. O projeto conta com o apoio da Secretaria Municipal de Assistência Social, Secretaria de Educação, Diretoria de Cultura, Conselho Tutelar e Conselho Municipal da Criança e do Adolescente (CMDCA) e patrocinadores.

“Esse eixo chega com o tema: Proteger quem ainda não terminou de crescer. Ele traz a proposta lúdica de conscientizar através da contação de histórias. O livro utilizado é o ‘Não me toca seu boboca’ de Andrea Viana Taubman, e tem como objetivo a identificação pela criança do auto cuidado consigo”, explica a presidente do CMDCA, Edilene Colonetti. Ela destaca ainda, a distribuição da Fitinha da Proteção. “Cada criança irá receber, após a contação da história, uma fitinha, que reforça o canal de denúncias que é o Disque 100. A ideia é alertá-las para que se necessário, a criança ou adolescente saiba realizar a denuncia”.

Mas se engana quem pensa que a história chega às crianças de qualquer maneira. A mensagem é trazida por uma personagem muito conhecida da criançada: a Chapeuzinho Vermelho. “Quem disse que o Mundo da Imaginação não salva, não tem ideia do poder da Leitura. Usar um personagem tão querido pelas crianças, é uma maneira de reforçar o alerta. A Chapeuzinho chega com sua amiga Ritoca, e ambas estão muito empolgadas em visitar todas as escolas urussanguenses. Parabéns a todos os envolvidos neste projeto. Nós somos apenas fios condutores ao mundo do conhecimento, da imaginação e agora, da conscientização”, ressalta Maria Alice Batista, a Chapeuzinho de Urussanga.

O 2º eixo do Projeto segue até o final de outubro. O 3º e último eixo será abordado com o público adolescente, do 6º ao 9º ano. “O eixo será trabalhado através da palestra ‘Navegando com segurança’, que irá alertar e orientar sobre as exposições midiáticas das quais os adolescentes estão inseridos”, lembra a Secretária de Assistência Social, Izolete Duarte Vieira,

O 1º eixo foi lançado em maio, com uma caminhada de conscientização, que contou com a participação de alunos, agentes comunitárias de saúde, rede de proteção e população. O ato buscou refletir e resgatar a importância de zelar pela proteção das crianças e adolescentes. Após a caminhada, atividades e orientações foram proporcionadas, incluindo a divulgação do canal de denúncias, o disque 100.

Dados que alertam

Em treze meses de atendimentos da Escuta Especializada em Urussanga, por meio da Lei federal 13.431/2017, o Creas e o Conselho Tutelar Municipal, já receberam 21 casos de violência sexual contra crianças e adolescentes. Embora o número seja alto, estima-se que outros casos ainda devam ser denunciados. Por isso, alertar e conscientizar sobre o tema, é de extrema importância.

“Esses casos que chegaram, a grande maioria foi por revelação espontânea, que é quando a vítima revela espontaneamente a questão do abuso. A gente sabe que existe uma demanda reprimida que precisa ser trabalhada, e através da prevenção podemos fazer uma identificação e trabalhar esses casos”, explica a Presidente do Conselho Municipal da Criança e do Adolescente (CMDCA), Edilene Colonetti de Souza.

Por Ana Paula Nesi – Assessora de Comunicação PMU