Programa “Fila Zero” pretende reduzir filas para consulta e exames em Forquilhinha

Zerar as filas de pacientes que aguardam por atendimento em exames, consultas, e algumas cirurgias de média e alta complexidade é o grande desafio de Forquilhinha. O governo municipal, através da Secretaria de Saúde, pretende executar com o programa “Fila Zero” que iniciou a partir desta segunda-feira, dia 8 de fevereiro com a liberação de 290 autorizações aos pacientes que esperavam por procedimentos cardíacos.

“Forquilhinha tem uma demanda reprimida de atendimento em exames de média e alta complexidade”, conta o secretário de saúde de Clenio Ricken, que na lista de espera para exames há pacientes que desde 2019 esperam atendimento. Entre os procedimentos estão: Holter, Mapa, Teste Ergométrico, e Ecocardiograma Transtorácico.

Para dar um fim nesse verdadeiro drama das pessoas que ainda esperam atendimento, a gestão resolveu contratar consultas, exames e algumas cirurgias de média e alta complexidade. “Com a economia de recursos públicos do primeiro mês da gestão possibilitou fazer esse investimento na saúde”, explica o prefeito José Cláudio Gonçalves, o Neguinho. “A saúde é prioridade em nossa gestão, com a ação poderemos salvar vidas, por isso precisamos fazer o máximo que pudermos”, opinou.

O investimento pode chegar a mais de R$ 1 milhão de reais. Nesta primeira contratação foram investidos R$ 55 mil. “Se trata de uma ação histórica na nossa cidade, mas mais necessária do que nunca, para enfim zerarmos a fila de atendimento dos exames e consultas de média e alta complexidade”, apontou Neguinho.

A ação será contínua, os exames serão zerados até março, e após todo o mês será feito o programa para zerar as filas.

Cris Freitas: Gerente de Comunicação/Prefeitura de Forquilhinha

ÚLTIMAS NOTÍCIAS