Programa Com Nota Fiscal Vai Legal realizou primeira operação do ano

O programa Com Nota fiscal Vai Legal, que fiscaliza o transporte de mercadoria com nota fiscal, realizou operação ontem pela manhã (14/02) no município de Forquilhinha, na rodovia que liga o município a Meleiro. No total 74 veículos foram abordados, onde sete transportavam mercadoria sem nota fiscal. Essa foi a primeira blitz realizada em 2020, onde a média de irregularidades apresentada, 17,5%, está abaixo da média das operações, que iniciaram em 2015, que fica na casa dos 22%.

A Polícia Rodoviária Estadual, que deu apoio a operação, autuou quadro carros, sendo que dois foram guinchados. A blitz ainda contou com apoio dos agentes da CIDASC. Os motoristas que receberam notificação dos fiscais municipais têm 30 dias para apresentar nota fiscal na sede da Associação dos Municípios da Região Carbonífera (AMREC).

O coordenador do projeto, Ailson Piva, lembra que o transporte de mercadoria sem nota prejudica os municípios, já que impacta no retorno de ICMS. “Menos recursos para prefeituras investirem nos municípios”, orienta.

Colaboração – Antonio Rozeng

ÚLTIMAS NOTÍCIAS