Professora agredida em escola de Siderópolis é homenageada por alunos

A professora Andréia Anselmo, de 49 anos, que foi agredida por uma aluna de 16 anos, na última quarta-feira, recebeu uma visita especial, flores e uma homenagem de seus alunos.

O caso ocorreu na Escola Municipal Miguel Lazzarin, situada na localidade de Rio Jordão, em Siderópolis. A aluna foi afastada.

A professora chamou a atenção da adolescente por ela estar fazendo o uso do celular, o que é proibido no regimento do ambiente escolar. A garota alegou que não estava se sentindo bem e que estava tentando falar com o pai.

A professora então pediu que ela usasse o telefone da secretaria, para cumprir as regras. Em seguida, a aluna foi flagrada novamente mexendo no aparelho, quando a professora voltou a chamar a atenção.

Foi neste momento que ela foi agredida com um tapa no rosto e no pescoço, além de ter sido xingada com palavras de baixo calão. Devido ao impacto da agressão, a máscara de proteção da professora chegou a arrebentar.

A professora, que está bastante abalada, registrou boletim de ocorrência e realizou exame de corpo de delito. Ela leciona há 14 anos e disse que depois do episódio está sem condições de voltar a trabalhar.

O Governo Municipal de Siderópolis, por meio da Secretaria de Educação, emitiu uma nota sobre o caso, confira:

“O Governo Municipal, por meio da Secretaria de Educação, informa que todo o amparo foi dado à professora, inclusive o acompanhamento legal, até o registro de boletim de ocorrência (BO), que levou a realização do exame de corpo de delito.
O ocorrido foi registrado pelas Câmeras de Segurança, que posteriormente foram cedidas à delegacia de Polícia Civil. Conforme o regimento interno da instituição, a aluna foi afastada da escola e a Secretaria de Educação analisa outras medidas a serem tomadas. O Governo Municipal repudia todo e qualquer ato de violência, seja ele verbal ou físico. Para a segurança de funcionários, professores e estudantes, todas as escolas tiveram câmeras de segurança instaladas neste ano”.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS