Procon estadual fiscaliza agência bancária no Centro de Laguna

Fiscais do Departamento Estadual de Defesa do Consumidor (Procon-SC) estiveram analisando o tempo de espera entre atendimentos a usuários na agência do banco Bradesco, na rua Jerônimo Coelho, no Centro Histórico de Laguna. A ação ocorreu na manhã desta terça-feira, 15.

“Estamos aqui a pedido do Procon municipal, porque o órgão não tem fiscalização, então compete ao Estado fazer essa fiscalização; é sobre a espera, a demora no atendimento. A legislação diz que pode ser de 15 minutos em dias normais e em dia de pagamento, 30 minutos, e segundo a denúncia, estava ultrapassando esse tempo”, explica a fiscal de relações de consumo, Zoraide Pures Alves. A fiscalização ocorreu apenas na agência do Bradesco.

De acordo com ela, durante a ação não foi verificado o tempo excedente de espera. Enquanto os servidores faziam a análise, a reportagem do Portal Agora Laguna observou que a fila formada tinha poucos usuários. Uma das razões apontadas para a alta procura na filial da Jerônimo Coelho foi o fechamento da agência do Centro Histórico, ocorrido na metade do ano.

Os fiscais também detectaram a ausência de senha para atendimento, problema que foi causado por um defeito na máquina emissora. Essa senha registra a hora que o usuário chegou à agência e o momento em que foi atendido. O problema já começou a ser resolvido.

Ainda segundo Zoraide, o usuário que se sentir prejudicado quanto à demora no atendimento pode registrar reclamação nos canais de ouvidoria do próprio banco ou buscar o Procon.

Fonte: Site/Agora Laguna

Erro, não existe o grupo! Verifique sua sintaxe! (ID: 4)
Erro, não existe o grupo! Verifique sua sintaxe! (ID: 5)

ÚLTIMAS NOTÍCIAS