Prefeito de Magé despeja lixo na porta do Instituto Estadual do Ambiente e causa polêmica

Rafael Tubarão, prefeito de Magé, na Baixada Fluminense, se envolveu em uma polêmica no último sábado (26). Ele foi o responsável por despejar lixo na porta do Instituto Estadual do Ambiente (Inea).

A ação de Rafael foi em protesto à interdição do aterro sanitário da região. O prefeito publicou um vídeo em suas redes sociais mostrando o momento em que um caminhão deixa o lixo na frente do Inea.

“Hoje a gente passou o Natal cheio de lixo na nossa cidade porque a prefeitura interditou nosso aterro. Isso é uma covardia com o povo de Magé. Nós já entramos com as medidas cabíveis na Justiça. Nossa saúde está em risco no meio de uma pandemia”, disse Tubarão.

Procurada pela reportagem do jornal O DIA, a prefeitura do Rio de Janeiro disse que o prefeito em exercício, Jorge Felippe, conversou com o presidente da Companhia Municipal de Limpeza Urbana (Comlurb), Paulo Mangueira, e orientou que sejam aplicadas as multas previstas na legislação além de cobrar de Rafael as despesas que a prefeitura teve para a retirada dos entulhos descartados por ele.

“Atos como esse não podem ser tolerados, merecem nossa repulsa e providências para penalizar o infrator”, afirmou Jorge Felippe.

Com informações da redação da ISTOÉ

ÚLTIMAS NOTÍCIAS