Praça de pedágio em Laguna está 50% concluída

Além de Laguna, a empresa está construindo praças em Tubarão (limite com Jaguaruna e Treze de Maio), Araranguá (com Maracajá) e São João do Sul (com Passo de Torres). Na rodovia, devem ser investidos R$ 7,4 bilhões.

A construção das quatro praças de pedágio ao longo da BR-101 Sul, entre as cidades de Paulo Lopes e São João do Sul, ocorre de maneira veloz. Em Laguna, a estrutura vai se localizar no quilômetro 298 (limite com a cidade de Imbituba), e a obra já se aproxima do estágio de 50% de conclusão.

Até março, a cobrança deve ser iniciada, conforme previsão da CCR ViaCosteira, empresa que administra desde agosto a rodovia. A concessionária ofertou R$ 1,97 como tarifa para vencer o leilão de exploração da pista por 30 anos, mas a atualização do valor com base em indicadores econômicos deve elevar a taxa para até R$ 2,10, de acordo com algumas projeções. A cobrança depende de aprovação da Agência Nacional dos Transportes Terrestres (ANTT) para começar.

A CCR planeja entrar no primeiro trimestre de 2021 com o funcionamento de toda a estrutura operacional e de atendimento com a prestação dos serviços médico, mecânico e inspeção permanente de tráfego.

Usuários do trecho contarão com seis bases de atendimento e 17 veículos operacionais (seis ambulâncias, cinco guinchos e seis viaturas de inspeção). A empresa também vai dispor de canais de comunicação, como: telefone 0800 para informações e emergências, site institucional, aplicativo, e painéis de mensagens variáveis móveis, com dados da rodovia.

Além de Laguna, a empresa está construindo praças em Tubarão (limite com Jaguaruna e Treze de Maio), Araranguá (com Maracajá) e São João do Sul (com Passo de Torres). Na rodovia, devem ser investidos R$ 7,4 bilhões.

Em Laguna: pedágio ficará em Itapirubá, no quilômetro 298 – Foto: Luís Claudio Abreu/Agora Laguna

Vagas de emprego seguem abertas

A CCR também mantém aberto o processo seletivo para a contratação dos profissionais que vão integrar as equipes de atendimento ao usuário ao longo da BR-101. O chamamento abriu há quase dois meses.

As vagas são efetivas para os cargos de atendimento e monitoramento. Para se candidatar é necessário um cadastro na plataforma de currículos da empresa (veja adiante como fazer) e sempre manter as informações atualizadas, o que facilita o recrutamento de profissionais. A empresa projeta gerar cerca de 3,7 mil empregos diretos e indiretos na região ao longo de 30 anos, sendo 1,1 mil somente no primeiro ano.

Como se candidatar

Para concorrer a vaga, basta cadastrar seu currículo no site www.grupoccr.com.br, por meio da plataforma Kenoby, clicar em Contato e Trabalhe Conosco. Os candidatos só serão aceitos se fizerem cadastro nesse sistema. Em nota, a CCR frisou que profissionais que desejam trabalhar na empresa, mesmo que não haja a vaga requerida no momento, devem fazer seu cadastro da mesma forma, pois quando houver a vaga, serão direcionados a elas.

Descrição das vagas

Vagas de atendimento – pré-requisitos são ter acima de 18 anos, ensino fundamental completo e disponibilidade de horário. As principais atividades são: atendimento ao cliente, classificação e cobrança de tarifas de pedágio, de acordo com as classes dos veículos e meio de pagamento, abertura e fechamento das faixas de pedágio manuais (cabines) e pistas automáticas e outros. Conhecimento em atendimento ao público e experiência com caixa são diferenciais.

Vagas de monitoramento – principais atividades: inspeção de rodovia e sinalização viária; combate a incêndios e recolhimento de animais; operação de guincho leve ou pesado com plataforma hidráulica e atendimento em geral ao cliente da rodovia. Os interessados devem ter acima de 18 anos, ensino fundamental completo, Carteira de Habilitação (CNH) categoria D, disponibilidade de horário e experiência como motorista.

Reportagem: Agora Laguna

ÚLTIMAS NOTÍCIAS