Por que Deus permite o mal?

Deus permite o mal porque é uma consequência da liberdade de escolha. Nós fomos feitos à imagem e semelhança de Deus (Gênesis 1:27). Uma caraterística essencial de Deus é a criatividade, que implica fazer escolhas. Nós também temos criatividade e capacidade para fazer escolhas, dentro de nossos limites. Sem livre-arbítrio, você seria igual a uma pedra, que não escolhe onde vai nem o que faz.

Outra caraterística essencial de Deus é o amor (1 João 4:7). O amor é uma escolha, Deus escolhe nos amar. Sem escolha, não há amor. Da mesma forma, nós temos capacidade para escolher se queremos amar a Deus. Mas para ter uma escolha, tem de haver no mínimo duas opções. Neste caso, as opções são amar ou não amar a Deus.

Leia aqui mais sobre o que é livre arbítrio e sobre o que é o amor.

Quem ama a Deus obedece Seus mandamentos, porque sabe que Deus é bom e criou as regras para nosso bem (1 João 5:3). Deus se alegra com nosso bem. Mas nós temos capacidade para escolher não amar a Deus e quebrar as regras. As opções são: obedecer ou não obedecer a Deus; fazer o bem ou não fazer o bem. Não fazer o bem é fazer o mal. O mal é a falta de bem.

Quando as regras perfeitas de Deus foram quebradas, isso afetou o mundo inteiro. O bem de Deus não foi completamente eliminado da terra mas agora há uma luta entre o bem e o mal. Os males da natureza são um dos resultados dessa luta (Romanos 8:19-21).

Fonte: Respostas Bíblicas

ÚLTIMAS NOTÍCIAS