Polícia prende mais uma autora do golpe do bilhete premiado

A Polícia Civil de Santa Catarina, por meio da Delegacia de Polícia da Comarca de Tubarão, com apoio da DPCAMI – Tubarão, da Delegacia de Polícia de Gravatal e da Draco de Passo Fundo da Polícia Civil do Rio Grande do Sul, deflagrou a segunda fase da Operação “Easy Profit” e prendeu mais uma autora do golpe do bilhete premiado.

O Setor de Investigação Criminal de Tubarão tomou conhecimento, no final de maio deste ano, de um estelionato na modalidade golpe do bilhete premiado, ocorrido em Tubarão, que vitimou uma idosa de 74 anos, causando-lhe um prejuízo de R$ 64 mil.

Após diligências, uma mulher de 28 anos e um homem de 27 foram identificados como autores do crime. O delegado de Polícia que coordena o Setor de Investigação representou pela expedição de três mandados de busca e apreensão e pela prisão preventiva dos dois suspeitos, todos cumpridos na cidade de Passo Fundo no Rio Grande do Sul.

Uma equipe composta por policiais do Setor de Investigação Criminal de Tubarão, da DPCAMI de Tubarão e da Delegacia de Gravatal, se deslocou nessa quinta-feira a Passo Fundo (RS) e, na manhã desta sexta-feira, com apoio da Draco de Passo Fundo, cumpriu aos mandados de busca e apreensão e a um dos mandados de prisão preventiva. Um dos suspeitos encontra-se foragido.
Durante as buscas foram apreendidos R$ 1,45 mil em dinheiro, além de outros elementos importantes para a investigação.

Essa é a segunda fase de uma investigação que já identificou cinco autores de golpes do bilhete ocorridos em Tubarão, dos identificados, três foram presos e dois estão foragidos.

DS

ÚLTIMAS NOTÍCIAS