Polícia Civil prende dono de casa de prostituição suspeito de explorar adolescentes

A Polícia Civil autuou em flagrante na tarde desta terça-feira (12), no bairro Água Verde, em Blumenau, um homem de 39 anos por manutenção de casa de prostituição, exploração sexual de adolescentes e corrupção de menores. A ação é da Delegacia de Proteção à Criança, Mulher, Adolescente e Idoso (DPCAMI) de Blumenau.

Segundo o delegado David Sarraf, da DPCAMI, após receber denúncia que corroborava com investigação já em andamento da delegacia especializada, a equipe de investigação diligenciou ao local. Na apuração, foi possível registrar a presença de duas adolescentes na varanda no prédio e a chegada de um suposto cliente.

Com base nos indícios de situação flagrancial e do funcionamento de um estabelecimento comercial, a equipe ingressou mediante consentimento no local. Conforme o delegado, o responsável reconheceu administrar a casa de prostituição. “Após buscas, indagado o suspeito sobre uma possível escada para acesso ao sótão, ele reconheceu que a escada estava no sótão escondida junto com duas adolescentes, uma delas, a namorada suspeita de aliciar as mulheres com o suspeito”, relatou o delegado. Os envolvidos foram conduzidos para a delegacia para o auto de prisão em flagrante.

Policia Civil SC

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

MEC promete protocolo e R$ 525 milhões para retorno às aulas presenciais

BRASÍLIA – O ministro da Educação, Milton Ribeiro, disse nesta quinta-feira, 17, que a pasta irá distribuir R$ 525 milhões a escolas para preparar o...

Funerária Zapelini informa o falecimento do Sr. José Carlos Mattos

Faleceu hoje dia (18) ás 4:15  no hospital Santa Otília de Orleans aos 56 anos o senhor José Carlos Mattos, deixa esposa, 3 filhos...

Após contaminações, STF avalia novos protocolos contra covid-19

Após o ministro Luiz Fux e cinco autoridades convidada para sua posse na presidência do Supremo Tribunal Federal (STF) testarem positivo para covid-19, a...

Justiça nega pedido de liberdade de Suzane Von Richthofen

A 5ª Câmara de Direito Criminal do Tribunal de Justiça de São Paulo (TJ-SP) negou que Suzane Von Richthofen, condenada a 39 anos de...