Polícia Civil indicia mãe por crime de tortura-castigo em Criciúma

A Polícia Civil, por meio da Delegacia de Proteção à Criança, ao Adolescente, à Mulher e ao Idoso (DPCAMI) de Criciúma concluiu um inquérito policial no qual se investigavam suspeitas de agressões a uma criança de quatro anos, em Criciúma.

Segundo denúncias anônimas de vizinhos, eram ouvidos gritos e choros da criança frequentemente, além de serem vistas marcas de machucados. O Conselho Tutelar foi acionado. Realizada a perícia, foram constatadas várias marcas de golpes no corpo da menina, como na cabeça, peito, costas, braços e coxas, incluindo marca de mordedura.

A criança foi afastada da investigada, estando com uma guardiã até decisão final do processo. De acordo com a investigação, as agressões eram praticadas com o intuito de causar sofrimento à criança, sem propósito educativo. Segundo o delegado Fernando Guzzi, a conduta da genitora foi enquadrada como “tortura castigo”, crime equiparado a hediondo, com pena prevista de até 10 anos de reclusão. Se condenada, ainda poderá ser decretada a perda definitiva do poder familiar.

Policia Civil SC

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Imagem do Cristo, com 10 metros de altura, No município de Treviso

O atrativo turístico fica em um mirante com vista para a paisagem e os morros que rodeiam a cidade. O local conta com uma...

Perícia médica do INSS: aos poucos, atendimentos retomam as atividades

A reabertura das agências do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), realizada no último dia 14 após quase 6 meses de atendimento restrito, causou...

Nova Veneza com 602 curados zera casos ativos da covid-19

O boletim epidemiológico distribuído pela Secretaria de Saúde de Nova Veneza no fim da tarde deste sábado, 26, confirmou uma boa notícia sobre a...

Milionária Mensal de R$ 1.350.000,00 é de Orleans

A Lotérica Orleans está em festa, desta vez a casa trouxe sorte para um Orleanense que faturou o primeiro da Loteria Federal 5500, Milionária...